A ex-senadora Heloisa Helena (atualmente vereadora em Maceió) renunciou à presidência do PSol, contrariada com a decisão do partido de dar apoio a Dilma Rousseff no segundo turno.

Heloisa Helena acena que não deixará o partido

Heloisa, que não conseguiu se eleger para o Senado, atribuiu sua derrota justamente à ação do PT de Dilma, que promoveu uma campanha de terra arrasada  contra ela, numa mobilização sem precedentes para impedir  o retorno de  Heloisa Helena ao Senado da República.

Uma das vagas para o Senado ficou com Renan Calheiros, que já teve que renunciar ao mandato de senador e de Presidente do Senado  para não ter o mandato cassado por utilizar “laranjas” para adquirir emissoras de rádio e televisão. O mais curioso é que  foi o PSol quem protocolou os pedidos de cassação de Renan, em 2007.

Alagoas preferiu Renan e o filho

A ex-presidente do PSol afirmou sentir que já estava sendo empurrada pra fora. No entanto, para não ter o mandato de vereadora cassado, Heloísa Helena preferiu permanecer no PSol.

Já Renan Calheiros, além de ser eleito para o Senado, conseguiu emplacar o filho como Deputado Federal também por Alagoas.

Isso é que é família unida…

 

Anúncios