Archives for the month of: Dezembro, 2011

É assustador.

Na Avenida Paulista (SP), nas proximidades da Estação Brigadeiro do Metro, um grupo protesta violentamente contra a democratização dos países árabes.

Nunca julguei que a direita fosse capaz de tal coisa num país democrático, como o Brasil, onde impera a liberdade. É ódio puro. Sem o menor respeito pelos brasileiros, espalharam cartazes horrendos pelo chão, de crianças mutiladas, corpos destroçados, imagem que os veículos de comunicação nos pouparam, pois jornal, revista ou TV não foram feitos para se ter nojo.

E lá estão os órfãos  dos mais sanguinários ditadores do mundo árabe, legitimamente depostos pela população.

Em meio àquele mar de sangue e restos de gente, especialmente crianças, não pedem o fim da rebelião. Querem a volta dos ditadores, como se fosse possível ressuscitar Sadan, Kadaffi e seus filhos.

Entoam cânticos e exalam ódio  contagiante. Vão além: provocam, querem brigar e agredir quem não  aceita o sentido da manifestação nem os meios utilizados. Quem passa por ali não  tem como não enojar. Radicais e intolerantes, não respeitam o sentimento de fraternidade que move o Brasil nessa época. Apenas destilam ódio, numa demonstração de que além de improdutivos  são perigosos.

Peço desculpas a todos que me conhecem. Nunca me imaginei  escrever condenando o direito de manifestação em nosso país. Para chegar a esse ponto, peço que entendam, foi porque a coisa se revelou muito, mas muito muito violenta e incompatível com os nossos foros de civilidade.

Aquela gente ali tem que ser vigiada de perto (que vergonha, meu Deus!, ter que falar isso), pois beira o descontrole a reação, indicando que estão sujeitos a estender ao Brasil o ódio e seus métodos na razão direta dos conflitos no mundo árabe.

 Quero ver o que acontecerá se os que defendem as revolução dos povos árabes baterem de frente com os órfãos da ditadura… e a PM de Sampa tá nem aí. A Polícia Federal parece que está escoltando Papai Noel..

A diplomacia universal impede que exilados participem de atos políticos. Manifestação pacífica, sim, respeitando nossos hábitos. Fazer da Paulista uma esquina de Damasco é que não dá.

Mas que caras de pau!

Autoridades que bajulavam o Embaixador do Crime no Rio, que posaram, banquetearam e riram com ele para fotos, não sabem onde enfiar a cara. Lula, Sérgio Cabral, Garotinho, foram flagrados em grande intimidade com William da Rocinha.

Embaixador do Crime Organizado negociando com Lula e Cabral (Pezão, o vice ao fundo)

O poder de William era grande, especialmente com o chefão do Viva Rio e do Disque-Denúncia, Rubem Fernandes. No Gabinete Civil do Governador, ajeitou a nomeação do atravessador de armas, na função de faxineiro. Fico me perguntando: o que levaria um bandido rico,  vendedor de armas, querer ser faxineiro no Gabinete do Governador???

Faz lembrar o ladrão que um porco debaixo da jaqueta e ao ser preso gritava “tira esse bicho daqui, que bicho é esse, de onde veio isso  gente? A Vereadora-chefe de William Oliveira agiu assim…

 
 
 
 
O bandido com Garotinho, em cujo governo nasceram as miliciasFlagrado recebendo comissão em dinheiro vivo do traficante Nem da Rocinha, William sor da arquimilionária vereadora Andréia Gouveia Vieira, filha de ex-banqueiro (banco Frances e Brasileiro) e da Refinaria  de Manguinhos e Petróleo Ipiranga, e irmã do presidente da Firjan.

William sempre teve cara de bobo, de vítima de preconceito. Mas quando estava na alta rora, entre a cúpula se transformava. Nunca o tráfico esteve tão próximo e intimo do poder. Ao que tudo indica, William era o Embaixador do Crime e negociava impunidade em troca de votos.

Saiu o resultado de uma pesquisa da  H2R, com 25 mil jornalistas brasileiros (inclusive o bobo aqui) sobre as empresas que melhor se comunicam com a imprensa. A Petrobrás ganhou disparado em quatro categorias: Petróleo e Gás Química e Petroquímica; Biocoimbustível e energia alternativa.

Ambev, Fiat, Brasilian Foods, Banco do Brasil, Alpargatas, Carmargo Corrêa, Fundação Getúlio Vargas, Phillips, EMIG, Bayer e a ALL figuram na lista, sendo ao todo 115 empresas que melhor se comunicam com os jornalistas. Eis a lista geral que acaba de ser divulgada:

AGROINDÚSTRIA DA CARNE
BRASIL FOODS (BRF) 
JBS  
MARFRIG GROUP 

AGROPECUÁRIA 
BUNGE 
EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA (EMBRAPA)
MONSANTO

ALIMENTOS E BEBIDAS
AMBEV  
COCA-COLA 
NESTLÉ 
ATACADO 
ATACADÃO MAKRO
MARTINS 
SAM”S CLUB

AUTOMOTIVO 
FIAT
FORD
VOLKSWAGEN

BENS DE CAPITAL

BANCO DO BRASIL
BANCO ITAÚ 
BRADESCO
WEG 

BIOCOMBUSTÍVEL ENERGIA ALTERNATIVA
COSAN 
ETH BIOENERGIA
PETROBRAS

CALÇADOS E ARTIGOS DE COURO
ALPARGATAS 
AREZZO
AZALEIA 

CONSTRUÇÃO CIVIL
CAMARGO CORRÊA

CYRELA
MRV
ODEBRECHT 

CONSTRUÇÃO NAVAL
ESTALEIRO ATLÂNTICO SUL
ESTALEIRO MAUÁ
GRUPO EBX

EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS (FGV-SP)

OBJETIVO POSITIVO 
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA (PUC)
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)

ELETROELETRÔNICO
PHILIPS 
SAMSUNG 
SONY 

ENERGIA ELÉTRICA
CEMIG 
GRUPO AES BRASIL 
GRUPO ELETROBRÁS

FARMACÊUTICO
BAYER 
MEDLEY
PFIZER

FINANCEIRO

BANCO DO BRASIL
BANCO ITAÚ 
BRADESCO

HIGIENE/LIMPEZA/COSMÉTICOS
NATURA
O BOTICÁRIO
UNILEVER

HOTELARIA E TURISMO
ACCOR HOTELS
CVC
HOTEL IBIS

LOGÍSTICA E TRANSPORTE
AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA (ALL)
GOL
TAM

MADEIRA E MÓVEIS
DELL ANNO
TODESCHINI
TOK & STOK 

MINERAÇÃO
ANGLO AMERICAN
USINAS SIDERÚRGICAS DE MINAS GERAIS (USIMINAS)
VALE 

PAPEL E CELULOSE
FIBRIA
KLABIN
SUZANO PAPEL E CELULOSE

PETRÓLEO E GÁS
COMGÁS
GRUPO ULTRA
PETROBRAS

QUÍMICA E PETROQUÍMICA
BASF
BRASKEM
PETROBRAS

SANEAMENTO
COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO (SABESP)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS (COPASA)
CORSAN
SANEPAR 

SAÚDE
ALBERT EINSTEIN

AMIL 
UNIMED

SIDERURGIA E METALURGIA
COMPANHIA SIDERÚRGICA NACIONAL (CSN)
GERDAU USINAS SIDERÚRGICAS DE MINAS GERAIS (USIMINAS)

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
APPLE

IBM
MICROSOFT

TELECOMUNICAÇÕES
OI

TIM
VIVO

TÊXTEIS E VESTUÁRIO
C & A
HERING
RENNER

VAREJO
CASAS BAHIA
MAGAZINE LUIZA
PÃO DE AÇUCAR