Será que alguém acreditou na matéria ai abaixo sobre a liberação do aborto no Brasil e reconstrução de himem pelo SUS?

Foi primeiro de abril, uma gloriosa mentira. Nesse dia, os jornalistas e jornais aproveitam pra mentir. Peço desculpas a quem levou a notícia a sério e também aos personagens nela envolvidos. Mas deixei umas pistas, nas “tags”, destacando o primeiro de abril, o número do decreto (teria que ser lei) 0104.

Para se ter uma ideia, na Espanha o jornal Olé deixou no seu site a manchete BRASIL NÃO PARTICIPARÁ DA COPA 2014 e foi dizendo que traficantes do país proibiram a sua realização.

O Dia da mentira surgiu no Brasil por volta de 1870, quando no dia 1 de abril um jornal noticiou a morte de Dom Pedro II e da família num naufrágio. No dia seguinte, como estou fazendo agora, desmentiu.

Desculpas!

Anúncios