Políticos tradicionais de Niterói perderam o mandato.

O lance mais dramático da eleição foi protagonizado por Magaldi e Cal. Com 98% das urnas apuradas, Magaldi estava 13 votos na frente de Cal (foto abaixo). No último momernto, chegaram cinco urnas da 113 Zona Eleitoral, da região central da cidade.

Magaldi somava 3.135 votos e Cal 3.118. Tudo parecia indicar a Vitória de Magaldi. Porém, nas urnas do Centro, Cal era o mais votado. Ao concluir a apuração das cinco ultimas urnas, Magaldi conseguiu apenas mais dois votos enquanto Cal obteve mais 31 votos, totalizando 3.151 votos contra 3.137 de Magaldi.

Que azar o de Magaldi. Justamente no Centro, onde Cal foi o mais votado, com 1.197 votos, vencendo até Gallo (2º colocado na região) Paulo Eduardo, Renatinho e Bagueira.

Magaldi só volta à Câmara se Felipe Peixoto vencer o segundo turno para Prefeito

Outra eleição complicada foi a vitória de José Vicente sobre o irmão, José Augusto, que perdeu a eleição. É que José Vicente concorreu com recurso ao TSE, impetrado pelo Ministério Público Eleitoral, com base na lei da ficha suja. Se o TSE reformar a decisão do TRE fluminense, José Vicente será cassado e em seu lugar entrará o irmão. Há ainda uma ação do PPS por infidelidade contra José Vicente, mas sobre ela falaremos depois do 2º turno.

Este é José Vicente, que em apenas três meses fez sua campanha e venceu o irmão.  Mas ele concorreu com recurso, pois o Ministério Público quer enquadrá-lo na lei da ficha suja.

 

 

José Augusto Vicente ficou na primeira suplencia do PPS e perdeu o mandato. Pode ser beneficiado se o irmão José Vicente tiver o registro cassado pelo TSE.

 

Anúncios