Estou sendo processado pelos dois lados da campanha eleitoral em Niterói.

O deputado  Comte Bittencourt, presidente do PPS da coligação Niterói  do Futuro (Felipe Peixoto) quer minha cabeça;  e Rodrigo Neves, do PT da coligação Vamos,Niterói!, quer comer meu  fígado.

Comte, meu algoz e que me impôs uma cruel, desumana e odiosa  perseguição no tempo que era presidente da Câmara, na maio0r cara de pau, disse ao Juiz que não conhece, não  sabe quem eu  sou.  Tipo assim: quem é esse cara que eu quis matar de fome?

Não gostou de ser chamado de político parasita (aquele que se vive à sombra de outros políticos e partidos, ora vice do PDT, ora do PT de Zé Dirceu e só não foi vice de Felipe por que não quis).

Em novembro estaremos face a face diante do  capa preta. Espero que até lá já tenham sido julgados os processos a que responde na justiça. Só o escândalo da Chacara Froes já bastaria para ilustrar a honradez  deste  cruel homem público (depois conto tudo que  ele me fez). Que dizer das testemunhas que vou pedir que sejam convocadas, pois não compareceriam espontaneamente…

 

Rodrigo  Neves, por seu turno,  depois de haver renunciado ao direito  de resposta no nosso  jornal impresso (Folha Oceânica),  está me processando justamente por não ter conseguido provar o que foi publicado. De carona, quer a inelegibilidade de Felipe Peixoto,  que ele aponta como beneficiário das denúncias que o jornal formulou antes do primeiro turno.

Está tão claro que o jornal não beneficiou Felipe nem prejudicou Rodrigo Neves que o candidato do PT  de Zé Dirceu  ficou em primeiro lugar,  com folgada diferença para Felipe. O mais é para se dizer no Tribunal.

A sentença, a rigor, foi um atentado à liberdade de imprensa: mandar apreender toda edição, impedindo que o povo tivesse conhecimento da verdade escondida pelos demais veículos. Natural que a Folha Oceânica,  cujo  estilo é mostrar a verdade doa a quem doer,  fizesse uma opção editorial, jornalística, por dedicar mais espaços  a Rodrigo Neves e seus amigos. Ao que tudo indica, isso  mais favoreceu do que prejudicou  o candidato Rodrigo. Ele ganhou.

Anúncios