Alguma coisa muito estranha está ocorrendo com os diários de Niterói. Nenhum deles divulga os estragos feitos pelas chuvas dos últimos dias e especialmente as mortes e desabamentos são omitidos. Para saber sobre a cidade, só lendo O Globo, que divulga a morte de uma criança no Morro do Palácio, de onde o prefeito Rodrigo Neves, o Glorioso, mandou acabar com a Secretaria Regional, que monitorava tudo. Desabamento em morro do Ingá só agora, na gestão de Rodrigo Neves.

inundação

Foto de Marcelo Piu, extraída do portal do Jornal O Globo de hoje

Nossa imprensa está mais preocupada em fazer o jogo do prefeito do que com seus leitores, que um dia irão se fartar e dar preferência a outro veículo. E nunca foram assim. Os jornais de Niterói jamais se prestaram ao papel de agora, ganharam fama por ser de luta e defensores do povo.

Onde estavam os guardas municipais na hora do temporal? O que organizaram no trânsito de Niterói para impedir que os motoristas caíssem nessa emboscada deágua?

Ora, quem sai do centro para a Região Oceânica (ou vem de lá), se for surpreendido por um temporal,só tem uma saída: a beira-mar, seja pela Miguel de Frias até a Praia(evitando a Marques de Paraná)  ou pela Boa Viagem (evitando passar por dentro do Ingá), Alberto Torres, Estrada Froes e depois é só subir a Rui Barbosa e Cachoeira.

Mas cadê um plano da Guarda do prefeito glorioso? Não existe, não foi pensado. Fizeram pior: sumiram com os guardas, deixando a população ficou  ao deusdará, na base do salve-se quem puder.

Ora, botar guardas nas ruas é o mínimo e não tem nada a ver com essa história de falta de dinheiro, que é uma mentira completa.

Anúncios