“NASCIDO E CRIADO NA CIDADE”, É UMA OPÇÃO DE RESPEITO  

Nas ruas, a pressão é grande

Nas ruas, a pressão é grande

‘Niterói precisa de um médico”. Desse modo, o médico José Seba, considerado um dos maiores imunologistas do país, anunciou sua disposição de ser prefeito de Niterói. Candidato a vice-prefeito na chapa de Felipe Peixoto, que perdeu para Rodrigo Neves, Seba fala com respeito e admiração do atual prefeito.
– A política não precisa de elementos raivosos, mas de pessoas cordatas que se disponham a defender e trabalhar pela cidade. Com estilo próprio de fazer politica, José Seba diz que pretende escutar todos os segmentos para estabelecer as prioridades administrativas.
– Não sou candidato nada. Eu acho que quem escolhe o candidato é o partido. Meu partido, o PPS, não me procurou. Ninguém é candidato sozinho. Se houver um partido interessado que eu seja seu candidato a Prefeito, aceitarei o convite, que considero muito honroso e indeclinável, pois me considero ponto. Nasci e me criei em Niterói, sempre vivi e estudei aqui, tenho uma relação afetiva com a cidade e sinto que posso fazer muito por Niterói – disse.
Torcendo para que seu ex-companheiro de chapa, Felipe Peixoto, faça um bom trabalho à frente da Secretaria de Saúde do Estado, José Seba quer recuperar a excelência médica de Niterói. “Nada contra São Gonçalo, mas haveria se imaginar que pacientes de Niterói tivessem que se tratar no Hopital Alberto Torres? Perdemos em excelência e qualidade. Niterói era o centro-médico da região e perdeu a cofiança das pessoas. Antgamente, quando alguem precisava de socorro médico, pedia para ser levado ao Antonio Pedro; oje é para o Alberto Torres” – disse. E completou
– Precisamos atuar em conjunto com a universidade, pois é de lá que vem os avanços em todas as áreas da existência humana. Niterói precisa de uma grande emergência, que atenda adultos e crianças, como era feito no Antonio Pedro. Esta será minha bandeira.
José Seba não consegue criticar a administração de Rodrigo Neves, vê muito empenho no prefeito e até lamenta quando ele fracassa: “ninguém quer ser prefeito para fracassar, para fazer as coisas complicarem. Eu torço por ele, pois se fracassar quem paga somos nós, é a cidade”, frisou.

Seba fez uma visita de cortesia ao Vereador Bruno e do cardápio não se falou de eleições

Seba fez uma visita de cortesia ao Vereador Bruno e do cardápio não se falou de eleições

Diante da pressão para que seja candidato, Seba encomendou pesquisa de opinião e se impressiona com os números, que não quer ver revelados.
Ao concluir, José Seba definiu que “cuidar da cidade é fazer o bem e amar seus habitantes”. Para ele, um governante tem que fazer apenas o que é correto, produza o bem e não faça ninguém sofrer.
A entrevista completa com José Seba estará na edição do EXPRESSÃO OCEÂNICA que circulará a partir de 16/09/2015.

Anúncios