JORNAL PROIBIDO PODE SER ENCONTRADO NA OAB E CÂMARA MUNICIPAL

Rodrigo Neves e seu amigo José Dirceu (direita)

Rodrigo Neves e seu amigo José Dirceu (direita)

Por ordem do Prefeito Rodrigo Neves, está proibida a circulação do jornal EXPRESSÃO OCEÂNICA nas dependências da Prefeitura de Niterói. Somente jornais que veiculem matérias favoráveis ao governo podem se utilizar de um espaço na recepção da PMN para o público.

A ordem está sendo executada pelo Secretário de Administração. Diante da proibição, o editor-chefe do EXCPRESSÃO tentou reaver cerca de 500 exemplares que lá foram deixados no aguardo da autorização, mas foi informado que os jornais foram parar no lixo, não havendo possibilidade de recuperação9.

Que pretende o Prefeito Rodrigo Neves com a censura ao jornal? Já não basta a mordaz campanha que nos move, ora não respondendo aos pedidos de entrevista, ora proibindo sua assessoria de nos remeter avisos de pauta e agenda pública; Osso sem falar que o jornal está banido do rol daqueles que recebem publicado institucional, num momento em que gasta milhões em publicidade com as emissoras de televisão e não admite que nem um centavo seja destinado ao único veículo da Região Oceânica.

Mesmo proibido, vamos circular. Enquanto for prestigiado por seus anunciantes, o jornal não deixará de circular, criticando quando tem que criticar e elogiando quando o momento exigir. Pena que Rodrigo Neves, seu partido9, o PT e assessores não estejam merecendo que sejam exaltados por ação de valor.

Doravante e enquanto perdurar a censura, EXPRESSÃO OCEÂNICA circulará com uma tarja de CENSURADO pela Prefeitura.

Para os que desejam obter o jornal, é só procurar na Câmara Municipal de Niterói ou na recepção da Ordem dos Adv0ogados do Brasil.