Archives for the month of: Março, 2016
chico alencar

Chico Alencar (E) vem apoiar Serafini (D) em Niterói

Candidatos a Prefeito apostam em apoio externo.

Nas eleições para Prefeito de Niterói, haverá uma disputa externa de votos. Politicos bem votados em Niterói articulam-se para apoiar seus afilhados.

Jair Bolsonaro (PP-RJ) é visto no plenário do Senado

Deputado Jair Bolsonaro vai apoiar o xerife Antonio Rayol, do PSDB

Vão se confrontar o deputado Jair Bosonaro (apoiando o delegado federal Antonio Rayol), o Senador Romário (com Felipe Peixoto) o dputado Chico Alencar (cm Flávio Serafini) e Jorge Roberto Silveira, que tende apoiar Rodrigo Neves.

romario

Romário não precisa treinar e vai jogar o tempo todo a favor de Felipe Peixoto

Bolsonaro e Romário foram osmais votados na cidade. Chico Alencar teve mais votos que Serafini e Jorge Roberto é o xodó da cidade. JR é bom de voto, mas em matéria de transferênia é um fracasso. Sua ultima “disputa” foi com João Sampaio, que perdeu para Godofredo e Moreira Franco.

jorge roerto

Jorge Roberto, mais experiente, vai emprestar seu apoio a Rodrigo Neves

Jaair Bolsonaro, sim, é um transferidor de votos. Tanto que elegeu os filhos, um para vereador no Rio e outro deputado na Alerj. Sem contar que sozinho obteve votos para eleger outros três deputados federais.
O baixinho Romário já mandou avisar: não quer saber de treino, só vai “entrar em campo” na hora que o jogo começar de verdade. Ele percorrerá o Estado pedindo votos para os candidatos do PSB.

felipe no psb

Felipe foi a Brasiia se filiar ao PSB de Romário

A saída de Felipe Peixoto esfaceou o PDT. A rendição já estava traçada desde que o ex-prefeito Jorge Roberto procurou Felipe paraa dizer que gostaria que o prefeito Rodrigo Neeves gostaria de se filiar ao partido. “Sem prolemas, eu saio e ele entra”, teria dito Felipe a Jorge. Ainda assim, Jorge ponderou que Felpe ouvisse o que Rodrigo tinha a dizer. O prefeito foi farto em elogios ao ligar para o até então presidente e candidato do PDT.
Jorge intermediou um enccontro pessoal entre os dois, mas já que Felipe estava determinado a sair, resolveu não ir. É que gato escaldado tem medo até de água fria. Felipe, hoje, poderia estar governando o Estado do Rio, pois seria vice de Pezão. Até a véspera do registro da chapa, Felipe seria o vice, mas o presidente Lupi decdiu não fazer a aliança. Felipe não teve chances sequer de se lançar candidato a estadual, pois Lupi não lhe deu vaga e havia um trato de apoiar Comte Bittencourt.
Todo time de Felipe trabalhou para Comte. Uma vez eleito, Comte firmou acordo com Rodrigo Neves e abandonou Felipe. Aos 45 minutos do segundo tempo, no apagar das luzes das definições de candidaturas, o presidente Nacional do PDTencontra-se com Rodrigo Neves e toma conhecimento da propsta do petisa. Lupi sugere que Rodrigo se entenda com Jorge Roberto e Felipe Peixoto. Por Jorge, tudo bem. Mas Felipe lembrou-se de 2014.
Concluiu que seria enrabado mais uma vez e resolveu não correr o risco de não poder ser candiato a prefeito pelo PDT.
Errou, sim, ao utilizzarr as dependencias do partido par seu comício de despedida. Se já não era mais do PDT, qual a razão para fazer daquela sede um palannque? Ideal que fosse pra rua.
E lá se foi Felipe, esfacelando o PDT. Dificilmente o partido irá se recuperar dess revés. Lá se foram as nominatas de vereador que estavam sendo organizadas por Felipe, deixando Renato Carrielo perdido. Já que Felipe Peixoto montou a nominata que lhe permitiria se reeleger, a Carrielo não resta outra opção que não seja seguir Felipe, pois o PDT além de não ter nominata nem sabe se terá candidato à majoritária.
Ao PDT só resta uma saída: convencer Jorge Roberto asair candidao. Afinal, ele não lagou a política, continua nela e com muita inflencia.

CONFIRMADO: PREFEITO SAI DO PT PELOS FUNDOS

rodrigo e pv

REPRODUÇÃO da Internet, Rodrigo e a cúpula do PV

Conforme informamos (leia aqui) há meses, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, abandonou o PT para se filiar ao Parido Verde, na tentativa de se afastar da legenda de maior rejeição na cidade. A saída foi ccomunicada em sua página no Twitter. A rigor não muda nada, pois apesar de abandono, o Partido dos Trabalhadores não abandonará Rodrigo Neves. Vai integrar a portentosa coligação (chamada de Pacto) que inclui ainda o PDT, PMDB,PCdoB, PPS e partidos nanicos. Rodrigo conseguiu fazer o ex-governador Anthony Garotinho, presidente regional do PR, retirar a candidatura de Wolney Trindade temem apoiá-lo. Será um rolo compressor.

Apesar de Rodrigo Neves dizer no Twittr que o PV não tem recursos, sua coligação será composta por partidos com grande peso financeiro, como PT e PMDB, o que lhe permitirá ter maior volume de recursos o fundo partidário, único meio de financiamento das campanhas.

Rodrigo chegou a cogitar ir para o PDT, mas fez opção pelo PV. O PDT, pelo acordo, deverá indicar a deputada Tania Rodrigues para vice.

 

OPINIÃO

Rodrigo Neves saiu vitorioso na guerra de partidos. Mas fez um estrago no PDT tão grande que fortaleceu Felipe Peixoto, vitimado nesse processo, de vez que estava em campanha para vencer Rodrigo as eleições. Perdeu antes, par não dizer que morreu na praia.

A reengenharia política de Rodrigo só foi possível graças à ajuda de Jorge Roberto Silveira, dono do PDT. Aliás, esse foi o segundo erro fieipino em relação a Jorge O primeiro foi nas eleições de 2012, quando preteriu o seu apoio. A outro ao assumir a Executiva do partido e se distanciar de Jorge, que ficou facinho, facinho para Rodrigo Neves.

Esse troca-troca, vai-e-vem, acabará favorecendo os candidatos de oposição, que assistem de camarote o sucedido, como José Seba, Antônio Rayol e Flávio Serafini. Todos juntando munição para disparar contra Rodrigo e aliados. E não faltarão argumentos.

“Pacifica” o PDT é fácil. Não haverá quem não brigue por generosos cargos na admitirão do agra verde Rodrigo Neves.

 

 

DOBRADINHA TEM DNA DO PT, ONDE COMEÇARAM  VIDA POLITICA

tania]

Deputada Tânia Rodrigues tem o DNA do PT também

A deputada estadual Tânia Rodrigues, do PDT, será indicada para o cargo de vice-prefeita na chapa de Rodrigo Neves. Esta vai ser a escolha de Jorge Roberto Silveira, chefe do partido em Niterói. Volta a ser editada uma aliança PT-PDT que outrora foi costurada por Jorge e Rodrigo no, ano 2000, só gora englobada por  mais de uma dezena de partidos. Com a composição, Rodrigo Neves espera vencer no primeiro turno e liquidar a fatura.

A indicação de Tania desagradaria o Deputado Comte Bittencourt, do PPS, um esforçado aliado de Jorge Roberto Silveira, que estava de olho na vaga. Caso Comte manifeste contrariedade, tudo pode mudar. Nesse caso, Jorge Roberto sairia candidato a prefeito tendo Comte como vice, hipótese que apavora o prefeito Rodrigo Neves, que trabalha e torce para que tudo acabe bem. A se confirmar o projeto de Rodrigo Neves sir em 2018 para concorrer a governador, Tânia ser´prefeita.

Não demorou muito para que o PDT tornasse Felipe Peixoto página virada no partido. Ontem mesmo já se cogitavam nomes do PDT para cargos na administração municipal e o aproveitamento de militantes em cargos em comissão. No entanto era visível o descontentamento de alguns, em especial da ala de militantes ligados ao ex-prefeito João Sampaio, de quem Felipe mais se aproximou.

Jorge Roberto Silveira deve promover uma reunião com as bases e acomodar a vida de todos. Como sempre fez.

 

 

ABRIU CAMINHO PARA JORGE ROBERTO SER CANDIATO OU HAMMILON PITANGA SER VICE DE RODRIGO NEVES

felipee

Felipe Peixoto não teve alternativa, ou acetarva ser vice de Rodrigo Neves ou sairia.

Felipe Peixoto não aguentou a pressão e deixou  o PDT nesta noite (22/03), deixando livre o caminho para Jorge Roberto Silveira concorrer mis uma vez à Prefeitura ou indicar o vice na chapa de Rodrigo Neves, que poderá ser Hamilton Pitanga.

Não foi nada fácil. Felipe Peixoto enfrentou uma parada indigesta, que teve requintes de crueldade. Em lado oposto estavam a Presidente Dilma, que fez a ponte com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi; Jorge Roberto, Comte Bittencourt e o prefeito Rodrigo Neves, do PT até ontem. Eles inviabilizaram a candidatura de Felipe Peixoto pelo PDT.

CLIMA DE TRISTEZA E PERPLEIDADE

Centenas de pedetistas mal acreditavam no que cibaram de saber. Felipe chegou ao partido bem cedo, na companhia do pai e da mãe. Parecia estar consciente da decisão a tomar. Fez uma reunião com os presidentes de partidos que se uniram em torno dele. Saiu algumas vezes para falar com Jorge Roberto ao telefone.  Depois, reuniu a Executiva Municipal, quando expôs suas razões para deixar a legenda.

Alguns pensaram que era brincadeira, mas Felipe disse que não aguentou a pressão. Sentiu o golpe. A semana toda assistido pela imprensa que Rodrigo havia acertado sua ida para o PDT e que ele seria o vice na chapa não deu pra segurar. Emprego nas mãos da Executiva que até então presidia o pedido de desfiliação.

Não foi Rodrigo Neves que escolheu o PDT. Foi o PDT que aderiu de modo incondicional a Rodrigo Neves.

Nos meios políticos circula comentários de que o PDT indicará o vice-prefeito, tendendo para o nome de Hamilton Pitanga. Caso haja resistência, em especial do deputado Comte Bittencourt, do PPS, um dos articuladores, o PDT chamaria Jorge Roberto Silveira para o sacrifício.  Lupi não vai abrir mão da vice

ACORDO é O VICE ASSUMIR EM 2018

A proposta feita a Felipe Peixoto chegou a cogitar que em 2018 Rodrigo Neves sairia para concorrer ao Governo do Estado e o vice do PDT assumiria o cargo, repetindo o que fez Jorge Roberto Silveira ao passar os três anos de seu mandato para o vice do PT, Godofredo Pinto.

A retribuição viria em 2018. O vice que o PDT indicar será prefeito. Carlos Lupi não abre mão de que o vice-prefeito seja do partido, alijando de cara o atual vice, Grael e o deputado Comte Bitencourt. Em caso de impasse, Jorge será chamado para o sacrifício, o que sabe fazer muito bem.

ROMÁRIO MANDA CHAMAR FELIPE

Tão logo foi anunciada a saída de Felipe Peixoto do PDT, o Senador Romário ligou para ele, mas não conseguiu falar. Felipe estava em prantos, mas não faltou quem festejasse a possibilidade dele disputar a prefeitura PSB, como não tem mandato tem tempo até 2 de abril para se posicionar.

 

dilma e lula nyt

Muito mais que uma pulga atrás da orelha…

O GOLPE – Não é por acaso que o PT fala tanto em golpe, golpe, golpe…
É que ele, o PT de Dilma e Lula, quer sim dar um golpe a pretexto de não deixar “haver glpe”.
Todas instituições já perceberam os objetivos dessa cantilena de chamar processo legal de golpe, golpe, golpe.
Na qualidade de Comandante in Chefe das Forças Armadas, Dilma já prepara o raduc do autoritarismo: um golpe para se manter no cargo com apoio dos chefes militares.
Esperem só!

Rua estreita, de mão dupla e transito lento, que liga zonas Norte e Sul e Regiao Oceânica ao Centro não suportará movimento esperado –

 

mundial

O Mundial terá frente para Vital Brazil e Santa Rosa e obras deve ficar prontas no final de 2016

O ex-candidato a p refeito pelo PR, Wolney Trindade, está denunciando a construção de um hipermercado (“maior que o Guanabara”) na rua Mário Viana, via de mão dupla que liga Pendotiba e Região Oceânica de Niterói ao Centro e a Zona Sul à Zona Norte. Segundo Wolney, a Mário Vana e Noronha Torrezão não comportam esse tipo de empreendimento, pois são vias estreitas, de mão dupla e com tráfego intenso e lento o tempo todo.

– Quero saber se houve estudo de impacto de vizinhança para a concessão da licença de obra. Nada contra o hipermercado Mundial se instalar na cidade, mas nunca numa via que já é estrangulada de manha à noite. Já temos o triste exemplo do Supermercado Guanabara, instalado em vias de trânsio rápido, como a Jansem de Mello e Marechal Deodoro. A Mario Viana é um ovo, de mao dupla, estreitinha, não comorta esse tipo de comércio- atirou Wolney.

O ex-deputado está solicitnado certidões na Prefeitura e pretende entrar com ção Popular, com pedido de liminar para suspender as bra, que já começaram pelo lado da Avenida Ari Parreirs.

– Só quero ver como vai ficar o retorno, ali na Ari Parreira com Mario Viana quando esse hipermercadoestiver funcionando. O certo seria a Prefeitura cuidar do alargamento da Mário Viana o quanto antes, pois existem vários prédios sendo construídos, o que aumentará ainda mas o flxo de veículos na via. Ao que tudo indica, não fizeram um estudo de impaco ambiental, não ouvira a vizinhança, fizeram tudo na moita, no bico-calado, como fizeram com o Guanabara – cncluiu.

EX-CANDIDATO DISPARA METRALHADORA GIRATÓRIA E AMEAÇA DELATAR GERAL

wowlney

Wolney está cusindo fogo

Ao acrescentar mais um “ex” no seu currculo, Wolney se diz usado feito papel higiênico, dos dois lados Trindade saiu da disputa para a Prefeitura de Niterói gastando munição. Não poupou ninguém com sua metralhadora giratória, cuspindo raiva para todos os lados. Ele tinha como certa a vitória, considerando a elevada rejeição de Rodrigo Neves e a falta de experiência dos demais candidatos.

garotinho

Ex-governador Anthony Garotinho, dono do PR no RJ, preferiu ajudar Rodrigo Neves

Fizeram uma sacanagem comigo. Eu estava quieto no meu canto, não queria mais saber de política. Ofereceram-me muitos partidos, mas depois recuavam. Estive com o pé no PTB, mas o partido foi “comprado” pelo prefeito. Até que apareceu o PR, de Garotinho.

Antes de mergulhar de cabeça no PR, l Wolney ouviu as bases, buscou conselhos e até apoios político-financeiro. Botou uma casa pra vender para levantar recursos. Filiou-se ao PR e caiu em campo anunciando suas metas e prospetos. Empenhou-se em formar uma chapa para a Câmara Municipal.

Na qualidade de tocador das obras de Moreira Franco na cidade, Wolney tinha em mente concluir o que ficou faltando, a duplicação das estradas, a revitalização do Centro, prometida pelo PT e que não saiu do papel, a construção da Linha Azul.

Prometeu lutar contra a construção do Hipermercado Mundial na Rua Mário Viana, escaldado que estava acerca dos transtornos que o Supermercado Guanabara causou ao trânsito no Centro. “A Mário Viana não comporta um hipermercado. O trânsito ali vai parar, especialmente as linhas de ônibus que descem de Pendotiba e Piratininga. Curioso é que a licença do Guanabara foi dada num governo do PT, por Godofredo; e o do Mundial pelo petista Rodrigo Neves”.

Wolney acha que o partido foi negociado com Rodrigo, de modo a não lançar candidato e a apoiá-lo desde já. Ele não sabe onde vai enfiar a cara. “Fiz muitas reuniões, firmei compromisso, me comprometi com candidatos a vereador, tava vendendo uma casa, o carro e tudo para bancar a capanha. O que eu digo a esses apoiadores? Foi uma decepção muito grande parta mim e os eleitores, que ficaram sem opção – completou.

O ex-deputado ainda não sabe o rumo que irá tomar. Está desnorteado, aturdido, acusou o golpe. “Estou nocauteado, fui apunhalado pelas costas. Estou me sentindo um papel higiênico usado dos dois lados, sem reação, com nojo dos donos dos partidos”.

 

 

NINGUÉM  QUER “CORTAR O BARATO” DO PREFEITO PTISTA

RODRIGO

Prefeito Rodrigo Neves

As lideranças do PDT de Niterói deliberaram não comentar a vontade do prefeito Rodrigo Neves de assomar o partido. “Não vamos dar luz a sapo, deixemos o Rodrigo curtira sua vontade de ter o PDT no bolso”. Desse modo, as principais lideranças do PDT estão reagindo aos encontros do prefeito com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi e que ensejaram noticias de que o PDT é um destino preferido por Neves..

Assim como não existe uma só voz favorável ao prefeito Rodrigo Neves dentro do PDT, não haverá quem “corte o barato dele”.

– É consenso que não se comente essa pretensão. Não vamos estimular nem impedir que Rodrigo tenha essa vontade, pois vontade é coisa que dá e passa.

O PDT está unido, não para impedir a chegada de Rodrigo Neves mas para impedir que o diretório de Niterói seja tomado de assalto por petistas que já foram da legenda de Brizola.

O absurdo da proposta é tamanho que os pedetistas não cogitam comentar nada. Envolver o PDT nos seus planos de reeleição teve o condão de causar grande reboliço na legenda, diminuir a tendência do eleitorado de votar maciçamente na chapa completa do PDT e barrar sua volta do partido ao comando do município.

Terça-feira, às 19 horas, mais uma vez o diretório estará reunido em torno da candidatura do ex-deputado Felipe Peixoto, que já montou a chapa para a Câmara Municipal e busca composição para o vice.