EX-PREFEITO JORGE ROBERTO SILVEIRA COSTURA  ALIANÇAS NO SEGUNDO-TURNO

JR E RODRIGO

Jorge Roberto (esq.) com Rodrigo Neves, seu sucesor na Prefeitura

Começou a corrida para a Prefeitura de Niterói. Políticos puro-sangue e pangarés estão na pista, anunciando pré-candidaturas, agitando as massas.

Rodrigo Neves, do PT, já conta com o apoio de uma dezena de pequenos partidos, mais o PMDB e PV.

O PSDB foi buscar um delegado de Polícia para herdar os  148.682 votos que Aécio Neves teve na cidade contra toda máquina do prefeito Rodrigo Neves, eu só conseguiu 127 mil votos ara Dilma. O Xerife Antônio Rayol aposta nessa transferência para chegar ao segundo turno das eleições.

Por outro lado, o ex-deputado Felipe Peixoto tem um projeto de sobrevivência política a resolver: ser o candidato do PDT, com apoio direto do ex-prefeito Jorge Roberto e todos os assessores do ex-prefeito João Sampaio.

JORGE CO FELIPE

Jorge e seu pupilo Felipe Peixoto (esq)

Jorge Roberto chegou a promover encontros com lideranças de outros partidos para definir apoios num eventual segundo turno. Suas escaramuças foram tantas que incluiu até mesmo o prefeito petista Rodrigo Neves, dando a este a ilusão de que poderia ser o candidato do PDT, com Felipe de vice-prefeito.

Tudo especulação, mas onde há fumaça tem fogo.

wolnwi alerj

WOLEY (à direita) na época que era deputado estadual

José Seba, da Rede de Marina Silva, também fez trato com Jorge. Um apoio o outro num eventual segundo turno. Enquanto Rodrigo Neves está empenhado com alianças para o primeiro turno, Jorge Roberto chamou para si a responsabilidade de construir o segundo-turno. Só não esteve com Flávio Seafini, do PSOL.

Correndo por fora, o pangaré Wolney Trindade, o que mais conhece a cidade. Foi ele que comandou grandes na cidade, para o bem e o mal, como a passarela do Plaza na avenida 15 de novembro. Wolney esteve à frente do túnel Icaraí-São Francisco, os terminais Norte e Sul, no alargamento e pavimentação das estradas Sape-Caramujo, Estrada de Ititoca,  Avenida Central e Estrada Francisco da Cruz Nunes. E quer construir a Linha Azul, ligando o Largo da Batalha à Ponte Rio-Niterói apenas com dinheiro da iniciativa privada.

SERAFINI

Flavio Serafini, do Psol



 

–  É simples, vou trazer de volta aquelas cabeças pensantes do governo Moreira Franco, todos premiados mundialmente. Não podemos nos dar o luxo de dispensar os gênios – arregoa.

José Seba aposta na experiência. Acha que a cidade está doente e precisa de um médico e sua equipe de catedráticos da Universidade Federal Fluminense, engrossada por cientistas de todas as demais escolas superiores. Pensa em governo de união, em que inclui  a participação dos mandatos que ele derrotar.

seba2 com o povo

Nas ruas, a pressão é grande

O PMDB vai a reboque de Rodrigo, agora entregue ao Deputado Federal Sérgio Zveiter. Até então, era um partido sem nominada para reeleger os vereadores Beto da Pipa e Rodrigo Farah. Do  nada, Zveiter levou um time de peso, incluindo o meu xará Paulo Freitas, ex-presidente da Neltur, Priscila Nocetti e muitos mais.

 

 

 

 

Advertisements