ABRIU CAMINHO PARA JORGE ROBERTO SER CANDIATO OU HAMMILON PITANGA SER VICE DE RODRIGO NEVES

felipee

Felipe Peixoto não teve alternativa, ou acetarva ser vice de Rodrigo Neves ou sairia.

Felipe Peixoto não aguentou a pressão e deixou  o PDT nesta noite (22/03), deixando livre o caminho para Jorge Roberto Silveira concorrer mis uma vez à Prefeitura ou indicar o vice na chapa de Rodrigo Neves, que poderá ser Hamilton Pitanga.

Não foi nada fácil. Felipe Peixoto enfrentou uma parada indigesta, que teve requintes de crueldade. Em lado oposto estavam a Presidente Dilma, que fez a ponte com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi; Jorge Roberto, Comte Bittencourt e o prefeito Rodrigo Neves, do PT até ontem. Eles inviabilizaram a candidatura de Felipe Peixoto pelo PDT.

CLIMA DE TRISTEZA E PERPLEIDADE

Centenas de pedetistas mal acreditavam no que cibaram de saber. Felipe chegou ao partido bem cedo, na companhia do pai e da mãe. Parecia estar consciente da decisão a tomar. Fez uma reunião com os presidentes de partidos que se uniram em torno dele. Saiu algumas vezes para falar com Jorge Roberto ao telefone.  Depois, reuniu a Executiva Municipal, quando expôs suas razões para deixar a legenda.

Alguns pensaram que era brincadeira, mas Felipe disse que não aguentou a pressão. Sentiu o golpe. A semana toda assistido pela imprensa que Rodrigo havia acertado sua ida para o PDT e que ele seria o vice na chapa não deu pra segurar. Emprego nas mãos da Executiva que até então presidia o pedido de desfiliação.

Não foi Rodrigo Neves que escolheu o PDT. Foi o PDT que aderiu de modo incondicional a Rodrigo Neves.

Nos meios políticos circula comentários de que o PDT indicará o vice-prefeito, tendendo para o nome de Hamilton Pitanga. Caso haja resistência, em especial do deputado Comte Bittencourt, do PPS, um dos articuladores, o PDT chamaria Jorge Roberto Silveira para o sacrifício.  Lupi não vai abrir mão da vice

ACORDO é O VICE ASSUMIR EM 2018

A proposta feita a Felipe Peixoto chegou a cogitar que em 2018 Rodrigo Neves sairia para concorrer ao Governo do Estado e o vice do PDT assumiria o cargo, repetindo o que fez Jorge Roberto Silveira ao passar os três anos de seu mandato para o vice do PT, Godofredo Pinto.

A retribuição viria em 2018. O vice que o PDT indicar será prefeito. Carlos Lupi não abre mão de que o vice-prefeito seja do partido, alijando de cara o atual vice, Grael e o deputado Comte Bitencourt. Em caso de impasse, Jorge será chamado para o sacrifício, o que sabe fazer muito bem.

ROMÁRIO MANDA CHAMAR FELIPE

Tão logo foi anunciada a saída de Felipe Peixoto do PDT, o Senador Romário ligou para ele, mas não conseguiu falar. Felipe estava em prantos, mas não faltou quem festejasse a possibilidade dele disputar a prefeitura PSB, como não tem mandato tem tempo até 2 de abril para se posicionar.