Boato que ganhou  na Megasena atiçou a cobiça dos traficantes

ciclone

Ciclone teria crescido o olho na suposta bolada da Megasena

Uma brincadeira de mau gosto pode ter causado a morte do aposentado João Bosco, de 83 anos. Parentes do traficante Ciclone, morto por ordem do tráfico no Viradouro, disseram que correu um boato que o idoso havia ganhado uma bolada na megasena, o que teria estimulado o ataque. Há hipótese de que os bandidos teriam sequestrado o aposentado para obter o máximo de dinheiro possível, mas a família nega e dizendo que Bosco nunca ganhou em loteria.

idoso

João Bosco não ganhou nada

Em versão, não confirmada pela polícia, circula na comunidade do Viradouro, Ciclone e seus comparsas, que não tiveram a preocupação de esconder a placa do carro usado no sequestro (meio determinante para solução da Polícia), acreditavam que Bosco estava “nadando em dinheiro” do prêmio. Não satisfeitos, os marginais, sem um níquel da vítima, resolveram matá-lo no Parque da Cidade. Não fosse a colaboração de um dos envolvidos, talvez a polícia não conseguisse localizar o corpo e dar a família para que fizesse um enterro cristão.

João Bosco havia sido levado no dia 2 de abril depois de sair de um supermercado em São Francisco, Zona Sul de Niterói e seu corpo foi achado ontem, no Morro da Viradouro.