Amor com amor se paga!

Rodrigo Neves (ex-PT e agora PV), este ano, já fez um termo aditivo de R$ 37 milhões para Construtora Constran, do delator Ricardo Pessoa.

rodrigo neves e pessoa

Prefeito Rodrigo Neves e lgo atrás Ricardo Pessoa, dono da UTC que é dona da Contran, maior financiador da campanha do prefeito de Niterói (foto da internet)

A obra dos tuneis da Rodovia Transoceânica de Niterói, orçada em R$ 310 milhões, já teve este ano um aditivo de R$ 37 milhões e 98 mil para “restabelecer o equilibrio financeiro da empresa”. Ou seja, imprevistos elevaram o custo acima da avaliação. Com o aparecimento de um infiltração, vai exigir muito mais dos cofres públicos. O prefeito Rodrigo Neves, como sempre, não deu respostas às perguntas que formulamos por sua assessoria. As obras são financiadas pelo BNDES com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC-2.
Os túneis e o BRT transoceânico, por coincidência, estão sendo construídos pela Constran, de Ricardo Pessoa, preso na Lava-Jato, que foi o maior financiador das campanhas de Rodrigo Neves. Em delação premiada, Pessoa disse que as doações para Rodrigo eram “investimento”. Eis que por obra do destino a empresa de Ricardo Pessoa foi a vencedoa da licitação.
A paz voltou a imperar no lotemento Fazendinha, no Cafubá, onde estão sendo perfurados os túneis da Rodovia Transoceanica de Niterói. Moradores estão há ceca de duas semanas sem ter o susto das explosões dentro da rocha, que sacode suas casas. Do lado de charitas há quem diga que não arou e continua a todo vapor.
Os moradores da Fazendinha estranharam quando caminhões deixaram de circular freneticamente pelo bairro, levando escombros do túnel. Também não se ouviram novas explosões. ” A ultima foi terça-feira da semana retrasada, feita pelo prefeito pessoalmete. Segundo os operários, está jorrando água da rocha”, disse uma moradora do local que pediu anonimato.

Anúncios