sala

Nova sala de reuniões da Câmara

A Câmara de Vereadores de Niterói entrega nesta quarta-feira (27/04), às 15 horas, a nova sala de reuniões das comissões permanentes, uma nova galeria de exposições e um elevador que dará acesso ao segundo pavimento do histórico prédio do legislativo municipal. A solenidade de entrega acontece às 15 horas e homenageará os ex-vereadores, Carlos Alberto Magaldi e Carlos Augusto Bittencourt (Gugu), ambos falecidos no ano passado.

bagueira

Presidente Paulo Bagueira

“A atual legislatura, dando prosseguimento ao projeto de modernização e manutenção do patrimônio histórico e qualificação dos serviços oferecidos à população e aos vereadores para melhor desempenho das funções, entrega esses novos espaços e equipamentos ao público”.

Para facilitar o acesso dos contribuintes e funcionários ao segundo piso será inaugurado o elevador, antiga reivindicação das pessoas com deficiência. Na saída do elevador começa a funcionar o corredor cultural e galeria Vereador Carlos Augusto Bittencourt, o Gugu. Ali será aberta ao público a exposição de fotografias de Paulinho Muniz, retratando as obras do arquiteto Oscar Niemeyer construídas em Niterói.

Outra melhoria entregue à população serão as obras de reforma e revitalização do Salão Nobre Aluízio Albuquerque Silva do Valle. O espaço teve todo o madeiramento restaurado em sua forma original, com pintura do teto, manutenção das luminárias e restauração do assoalho.

Fechando o pacote será aberta a Sala de Reuniões Vereador Carlos Alberto Magaldi. Ali serão realizados encontros das comissões permanentes, reuniões de vereadores e recepção a autoridades diversas para trabalho. “O elevador era um compromisso da minha administração, demoramos um pouco por conta da aprovação dos órgãos ligados ao patrimônio histórico. Vai facilitar o acesso aos setores administrativos do segundo andar e ao salão nobre. A sala de reuniões vai dar mais conforto e dinamismo aos vereadores e convidados. Magaldi e Gugu, que dão nome aos espaços, foram pessoas marcantes na história dessa Casa e na vida de toda a cidade”, conta Bagueira.