Archives for the month of: Junho, 2016

Quem com o ferro fere com ele será ferido

juiz Marcello Rubioli

Juiz-Coordenador da Propaganda Eleitoral em todo Estado do Rio, arcello Rubioli

O Juiz-Coordenador da propaganda eleitoral no Estado do Rio, Marcello Rubioli, está apelando a quem navega no Facebook para identificar quem pratica abuso de poder e faz propaganda elelitoral irregular. O TRE criou uma página naquela rede social para receber denúncias contra candidatos que organizam festas, showmícios e pedem votos dentro ou fora da internet.
A ágina para denúncias é https://www.facebook.com/trerj/?fref=ts e está disponível 24h por dia. O magistrado garante o sigilo das informações. Cem fiscais estao encarregados de apurar as denúncias, que atuarão no campo fisico, virtual, rádio e televisão.
Por falta de aviso é que não será. O juiz já fez trê reuniões com os partidos idicando o que pode e o que não pode ser feito.
– Orientar e punir. Exatamente isso. Sem truculência, queremos uma eleição com isonomia. Todas as irregularidades são enviadas ao Ministério Público para que as providências sejam devidamente tomadas – declaru o magistrado.
Marcllo Rubioli disse ainda que’ “por abuso de poder político e econômico pode haver a cassação do registro dos candidatos. . Há ainda a fiscalização do financiamento de campanha que agora só pode ser feito por pessoa física e o fundo partidário”.

Anúncios

Abuso de poder pode impugnar candidatura do deputado do Psol também

serafini no google

Dentre as imagens turbinadas figura um cartaz de candidato a Prefeito de Niterói, com numero e tudo

O Deputado Estadual Flávio Serafini, pré-candidato do Psol a Prefeto de Niterói é o campeão da propaganda eleitoral antecipada e condenada pelo Juiz Marcello Rubioli, do TRE-RJ. No entender do Tribunal, todos os politicos que turbinam suas páginas em sites de pesquisas estão fazendo propaganda eleitoral antecipada e efetuando gastos sem contabilidade legal.
Flavio Serafini, de acordo com o entendimento  do juiz-coordenador do TRE, é o campeão na transgressão. No Google, seu site pessoal (www.flavioserafini.com.br/), o Wikipedia, páginas de campanha no Facebook e filmes no youtube parecem com destaque no topo da lista de pesquisa sobre seu nome. Nem mesmo sua página de deputado da Alerj figura entre os primeiros resultados, assim como o noticiário de grandes portais de noticias.
A exemplo de Rodrigo Neves e Felipe Peixoto, Serafini aparece com fotografias e nome destacado no Google, com características de material pago. Todos estão na mira do Centro de Midia da Fiscalização do TRE, sob a orientação de Marcello Rubioli, que vem monitorando todas as páginas na internet.
Mas nem tudo está perdido. O Juiz disse que os processos por abuso de poder economico e cassação de registro de candidatos flagrados turbinando páginas antes de 16 de agosto só vlem depois que o partidos forem notificados (o que começou ontem 24/6) e descumprirem a norma.
Advogados especialistas em direito eleitoral, como Cléber Foneca, acreditam que independe de notificação para o cumprimento da lei. “Temos um parâmetro bem conhecido. A lei penal não diz que é proibido matar alguém. Apenas indica que quem matar estará sujeito a uma pena rgorosa. Não resta duvida de que os candidatos pagaram para turbinaram sites de pesquisa para figurar no topo das listas de resultados praticaram abuso de poder econômico, suscetível de penalidade que é o indeferimento do registro de candidatura. Mas o que vale é a decisão do TRE. Se quer dar uma colher de chá, tudo bem, mas cabe recurso à instância superior, o caso ao TSE”, explicou Fonseca.

Rodrigo Neves e Felipe Peixoto (com imagens abaixo) flagrados fazendo propaganda antecipada  e paga

O sonho de se eleger prefeito ou vereador vai acabar para muitos politicos que pagaram para turbinar e dar destaque aos seus nomes ela internet e redes sociais. O TRE do Rio de Janeiro solicitou o Google a relação de pessoas que contrataram serviços para aumentar a audiência, acessos e ficar melhor posicionados nas pesquisas, deixando adversários em desvantagem.
Esta será a primeira leva de infratores da legislação eleitoral. O raduque da conferência será com o CPF de todos que solicitarem registro para concorrer às eleições deste ano. O Google já revelou que retende colaborar e não tem nenhum interesse em proteger ninguém.
Quem for identificado como contratante ou beneficiário do serviço responderá por pratica de propaganda eleitoral antecipada com uso de recursos que jamais poderiam ser contabilizados. Esse tipo de despesa somente poderia ser feita quando o candidato obtivesse o numero do CNPJ de sua campanha, o que somente estará liberado a partir de 15 de agosto.
Quem figurar na lista do Google pode responder por ter cometido crime eleitoral. Se insistir, ainda poderá ser condenado a pagar multa de R$ 25 mil por infração.
Em Niterói, ao que tudo indica, Rodrigo Neves (PV) e Felipe Peixoto (PSB) parecem ter turbinado páginas na internet, contratando serviços, figurando sempre no topo das listas de pesquisas do google. Rodrigo aparece com destaque na wikipedia. Também ocupa espaço pago com fotografia do lado direito do resultado da pesquisas no google.
Em situação pior ainda encontra-se Felipe Peixoto, que ocupa espaço pago, utiliza simbolo de campanha (o polegar sorrindo) e tem até mapa de localização, com característica de anúncio pago.
Jose Seba (Rede), Antonio Rayol (PSDB) e Gege Galido (PSD) não se beneficiaram dos serviços do Google e já disseram que só o farão quando começar o período de propaganda.
O Juiz Coordenador da propaganda, Marcello Rubioli, mandou notificar todos os partidos e candidatos para que cessem a propaganda, sugerindo que pode aliviar a transgressão e só os que descumprirem terão seus nomes enviados ao Ministério Público eleitoral.
Porém, nada impede que partidos e candidatos façam denuncias e apresentem impugnação de candidaturas de quem praticou o delito.

Eleitores opinam, mas ninguém sabe resultado. Uma coisa é certa: favoritos temem um revés

Por Paulo Freitas
Pesquisas de opinião estão sendo feitas de montão em Niterói acerca das eleições para prefeito da cidade. Quem já foi entrevistado se aborrece quado não toma conhecimento do resultado, quase sempre mantido em segredo pelos contratantes.
– Não há sequer indicativo de que o pesquisador pertence de fato ao instituto de pesquisa que diz representar. A pesquisa que respondi, no Shopping Multicenter, no dia 15 passado, dá para perceber que foi encomendada por Felipe Peixoto. As perguntas são todas sobre os níveis de insatisfação com Rodrigo e sua aliança com Jorge Roberto Silveira – explicou o analista de sistemas David Tadeu, que disse recordar de tudo.
O GPP quer saber a opinião para Prefeto e o disco apresentado não contém os nomes de Antonio Ryol (PSDB), José Seba (Rede) e Gege Galindo (PSD), só de Rodrigo , Felipe e Flávio Serafini (Psol). Também pergunta sobre as alianças dos candidatos. No caso de Felipe Peixoto, quer saber de quem é a culpa da crise na saúde no período que foi secretário de estado.
O que mais chama atenção no questionário do GPP são perguntas para apurar o grau de insatisfação com Rodrigo Neves, o fato de ter trocado o PT pelo PV sem justificativa a aliança com Jorge Roberto (se o pesquisador gostaria de ter Jorge de volta à prefeitura), a importância do tunel d Cafubá e qualidade dos serviços prestados.

jorge

Jorge Roberto mexeu com as eleições

Se for divulgada, Jorge Roberto vai gostar  de saber que o analista opinou por seu retorno à politica. Sobre as preferencias, o pesquisador apresenta dois discos, contendo os nomes de Rodrigo, Felipe e Serafini, como se não importassem os demais. Até o apoio de Romário foi pesquisado.
Nesse cenário em que existem pesquisas, mas ninguém divulga resultado, só resta uma certeza: tem gente com muito medo do que as urnas poderão falar nas próximas eleições.

Único que procura respeitar as regras é o delegado federal Antonio Rayol (PSDB).

Ck3Z_9vXAAA-b2C

Rodrigo Neves com moradores do Matapaca

A campanha pela Prefeitura de Niterói e uma vaga na Câmara Municipal já rola solta há muito tempo. Mascarada de inaugurações, prestação de contas, mandato popular, palestras, conferências e o diabo a quatro, pré-candidatos estão por toda parte disputando a preferencia dos eleitores.
O Deputado Flávio Seerafini (Psol) parece preferir os prédios públicos na campanha. Seu último “comício” foi na Escola TÉcnica Henrique Lage, mass todas as quartas, há mais de ano, ocupa a Praça Araribóia para panfletagem e corpo a corpo sem medo de ser feliz.

serafini no henrique çage

Serafini arrebata multidão no Henrique Lage, culpando o PMDB

Nos encontros com estudantes e trabalhadores tercerizados, Serafini faz pesadas criticas ao presidente Tmer e atribui ao PMDB todos os problemas, inclusive os atrasos de salários dos prestadores de serviço, categoria que o Psol sempre combateu.
O prefeito Rodrigo Neves (PV) pega carona nas obras que a prefeitura executa. Leva para sua página pessoal no twitter as realizações. Seu palco preferido tem sido as obras dos túneis ligando Charitas ao Cafubá, para onde costuma marcar encontros que já reuniram milhares de pessoas. O próximo será dia 25, quando promoverá a travessia do tune, depois da ultima explosão.
Mais recentemente, Rodrigo Neves incorporou o Museu de Arte Contemporânea – MAC à sua campanha, que tem ocupado grande espaço em suas principais divulgações. Sua devoção ao MAC encantou militantes do PDT, que agora aderiu à campanha.

felipe com 40

Felipe tem feito campanha recolhendo dados paa construção do seu plano de governo

Felipe Peixoto (PSB),de poucos recursos, promove encontros para obter dados para elaboração de seu plano de governo. Desse modo, tem visitado comunidades e entidades colhendo ajuda para “elaboração de um plano de governo que atenda exclusivamente os anseios da população”. A idéia de Peixoto é que os eleitores  sintam-se prestigiados e indique exatamente onde desejam que os recurso municipais sejam aplicados.
O ultimo encontro de Felipe Peixoto com eleitores foi na Faculdade Mari Tereza na quinta-feira (16/6) para tratar da Agenda 40, plano de governo montado de form colaboratva.

sebaaa

José Seba está gastando sola de sapao, está em toda arte

José Seba, da Rede, tem se destacado pelo corpo-a-corpo. A rua tem sido seu comitê. Nas caminhadas até se dá ao luxo de encontrar com adversários. Seu próximo “comicio” será domingo, às 10 horas, no Campo de São Bento, num evento chamado Rosa de Conversa. Até as 13 horas Seba pretende explicar como Rede Sustentabilidade pretende administrar Niterói.

rayol e alkimin

Delegado Rayol (à direita) tem recebido ajuda de peso, como do governador Gerraldo Alkimin, Otávio Leite e Bruno Less

O delegado federal Antonio Rayol prefere não fazer campanha disfarçada. Parece ser o único a respeitar  a lei e prefere promover uma desconstrução de Rodrigo Neves e Flavio Serafini, apoiadores da presidente Dilma. Nesse sentido, está poiando o movimento “Fora Rodrigo”, programado para o dia 31 de julho. Na internet, Rayol faz piada, dizendo que já aconteceu o Fora Dilma, Fora Dunga, Fora Cunha e agora chegou a vez  de dar um “Fora Rodrigo” pelo voto popular.
Rayol tem se ocupado em coletar contradições de Rodrigo Neves e Flávio Serafini. Contra o prefeito, está montando uma espécie de dossiê em que Rodrigo Neves fala muito mal de Jorge Roberto Silveira, com quem agora anda de braços dados.
Não temos noticias da pretensa candidatura dee Gege Galindo, pelo PMDB.

Brigaram por causa de divisão de cheirinho-da-loló

simone, a puta

Simone matou sem querer a colega de trabalho

Era a primeira vez da linda menina P., de 18 anos, no ponto das ruas Marques de Caxias com Visconde de Uruguai, Centro de Niterói. Expulsa de casa desde que se perdeu com o filho do patrão, P. cansou de ser doméstica e resolveu entrar no mercado do sexo. Mal teve tempo de gastar o dinheiro recebido na estréia, morreu numa briga com outra prostituta, batendo com a cabeça no meio-fio. Sangrou até morrer. Eram 4h30min da madrugada de hoje
A criminosa foi presa em flagrante, mas deverá ser solta, pois não teve intenção de matar. Foi ela mesma Simone souza Camilo quem chamou o socorro e não abandonou a cena do crrme. Contou na 76 DP que era uma espécie de professora de P., dando dicas de como “depenar o pato” (arrancar dinheiro dos clientes) e dividiam um vidrino de Cheirinho da loló, entorpecente barato, quando se desentenderam. Na disputa pelo que restava no frasco, Simone empurrou P., que cau batendo com a cabeça no meio-fio, sangrando até morrer. Quando chegou ao hospitl, já era cadáver.

Ideia é acabar com os transtornos causados pelas obras

zeca

Zeca Mocarzel 

Que Zeca Mocarzel foi o maior tocador de obras de Niterói não há dúvidas. Mocarzel é o exemplo-vivo de que administrar é contrariar interesse, em especial dos poderosos. Nas camadas mais simples da sociedade, ele é venerado. Pela elite, seja politica ou empresarial, há quem o odeie.
Com a aliança entre Jorge Roberto e Rodrigo Neves, o nome de Mocarzel volta a agitar os corredores. Não há quem duvide que será chamado para botar ordem na zona que se estendeu pelo município com obras por toda parte. A desordem causada pelos canteiros de obra está a revelar falta de controle e organização.
Fosse com Mocarzel, a Prefeitura teria preparado vias alternativas para o trânsito de veículos pesados no Cafubá e ao longo da Estrada Francisco da Cruz Nunes. As obras não levarm em conta o movimento do comércio e linhas de ônibus, penalizando muita gente há bastante tempo. A equipe de Rodrigo Neves conseguiu transformar um banho de obras em tremenda dor de cabeça para a população. Anonimo ou de frente, Zeca Mocarzel é o único a reunir condições para devolver a ordem à cidade. E imediatamente.
Ninguém no PV ou PDT confirma que Mocarzel está sendo sondado,mas ninguém desmente, nem ele próprio, que não retornou nossas ligações, o que faz aumentar os rumores sobre sua volta, como Secretário de Obras.
Uma coisa é certa: Mocarzel é o melhor e mais confiável quadro de Jorge Roberto Silveira. É ele ou ele mesmo.

serafini

Serafini tem mais seguidores que a soma dos adversários

Nem Rodrigo nem Felipe; Serafini é o preferido nas redes sociais.

Rodrigo Neves (PV) perde feio para Felipe Peixoto (PSB), que perde para o deputado Flávio Serafini (Psol) nas redes sociais da Internet. O médico josé Seba (Rede), o delegado federal Antonio Rayol (PSDB) e Gege Galindo (PMDB) aparecem, nesta ordem, menos cotados.
Serafini teve, até a produção desta matéria, 26 mil 689 curtidas em sua página de figura pública. Felipe Peixoto 14 mil 366 e Rodrigo Neves 7 mil 288. José Seba 2 mil 85, enquanto Antonio Rayol não tem página de figura pública no facebook e Gege Galindo nem aparece nas redes sociais.

seba e felipe

Tres correntes: Bruno Lessa (PSDB), José Seba (Rede) e Felipe Peixoto (PSB)

No Twiter , o preferido por Rodrigo Neves, o prefeito está na frente, com 7 mil 928 seguido de perto por Felipe Peixoto, com 7 mil 198 seguidores. Nessa rede, Flávio Serafini perde feio, com apenas 1 mil 982 seguidores. José Seba, Antonio Rayol e Gege Galindo nõ parecem nas buscas do twitter.
Nas páginas pessoais do Facebook, que não admitem mais de cinco mil seguidores, Felipe Peixoto vence disparado de Rodrigo Neves. Numa postagem do dia 8 de maio relativa ao Dia das Mães, a homenagem de Rodrigo Neves às mães teve menos curtidas ( 366) e compartilhamento (01) do que Felipe Peixoto, com 460 curtidas, 17 compartilhamentos e 19 comentários. Flávio Serafini passou batido pelo Dia das Mães, estava festejando ocupações de escolas que não repercutiram junto às mães.

rodrigoooo

Rodrigo Neves perde nas redes sociais e vai ter remar muito (foto de página no Facebook)

Os candidatos tem novo encontro marcado na internet, em agosto, no Dia dos Pais.

Anúncio não foi bem recebido nas redes sociais

A Aliança Rodrigo Neves-Jorge Roberto Silveira levou uma surra na internet, evidenciando que o prefeito além de estar mal servido de assessor de imprensa está pior ainda quando se trata de assessoria digital. Em todas as publicações que se espalharam nas redes sociais, predominaram críticas veladas e compartilhamento negativo acerca da aliança.
A Aliança foi incapaz de montar uma assessoria digital para fazer face ao processo, desprezando a era das redes sociais, onde ferramentas como Whatsapp e Snapchat junto com ferramentas já consagradas como facebook e twitter desempenham papel fundamental para construção de uma boa imagem. A aliança se comporta como se esses meios fossem um elefante branco, como se não existessem, mas quando forem abrir os olhos já será tarde.

Esta eleição será vencida por quem melhor puder explorar a internet, meio pelo qual se pressionou até afastar uma presidente da República. Na internet os candidatos deverão duelar, como está fazendo, por exemplo, o delegado Antonio Rayol, que não perde tempo, compartilha, critica, bombardeia adversários com precisão.
Dispor de uma estrutura fenomenal como tem Rodrigo Neves e não a utiliza para ao menos defendê-lo na internet demonstra o quanto está despreparado para esse novo estilo de fazer campanha.

Cade a turma que tem boquinhas na Prefeitura, que nem serve para defender quem, em última análise, lhes permite desfrutar das tetas oficiais? A leitura que faço é que parecem ter vergonha de defender a aliança e preferem ficar em cima do muro para depois dizer que é quem vencer “desde criancinha”.

Só pode!

Políticos revelam certo alívio com aliança do PDT


“Eu já sabia”. Foi com esta expressão sem surpresa que o pré-candidato Felipe Peixoto reagiu a notícia da “Grande Aliança” formada pelo PDT . Felipe, que trocou o PDT pelo PSB, reagiu às criticas dos caciques pedetistas ao anunciar a aliança em torno de Rodrigo Neves, do PV nas próximas eleições.

– Eu tanto sabia que saí do partido. Fiquei triste porque depois de tantos anos na cidade foi fazer aliança justamente com o que há de mais atrasado na política – revelou, sem entrar em detalhes acerca das referências ao seu nome.

Outro pré-candidato que reagiu ao anuncio da aliança foi o delegado Antonio Rayol, do PSDB. “Eles confirmaram o que já venho falando há meses, que são todos farinha do mesmo saco, desde 1988. Niterói vai romper com essa aliança e avançar. Eles acham que fizeram muito, mas com o tempo e os recursos que gastaram poderiam ter avançado muito mais. Ainda bem que estão unidos agora para o povo os derrotá-los para sempre”, disse Rayol.

José Seba (Rede) e Flávio Serafini (Psol) ainda não se pronunciaram sobre o fato.