Eleitores opinam, mas ninguém sabe resultado. Uma coisa é certa: favoritos temem um revés

Por Paulo Freitas
Pesquisas de opinião estão sendo feitas de montão em Niterói acerca das eleições para prefeito da cidade. Quem já foi entrevistado se aborrece quado não toma conhecimento do resultado, quase sempre mantido em segredo pelos contratantes.
– Não há sequer indicativo de que o pesquisador pertence de fato ao instituto de pesquisa que diz representar. A pesquisa que respondi, no Shopping Multicenter, no dia 15 passado, dá para perceber que foi encomendada por Felipe Peixoto. As perguntas são todas sobre os níveis de insatisfação com Rodrigo e sua aliança com Jorge Roberto Silveira – explicou o analista de sistemas David Tadeu, que disse recordar de tudo.
O GPP quer saber a opinião para Prefeto e o disco apresentado não contém os nomes de Antonio Ryol (PSDB), José Seba (Rede) e Gege Galindo (PSD), só de Rodrigo , Felipe e Flávio Serafini (Psol). Também pergunta sobre as alianças dos candidatos. No caso de Felipe Peixoto, quer saber de quem é a culpa da crise na saúde no período que foi secretário de estado.
O que mais chama atenção no questionário do GPP são perguntas para apurar o grau de insatisfação com Rodrigo Neves, o fato de ter trocado o PT pelo PV sem justificativa a aliança com Jorge Roberto (se o pesquisador gostaria de ter Jorge de volta à prefeitura), a importância do tunel d Cafubá e qualidade dos serviços prestados.

jorge

Jorge Roberto mexeu com as eleições

Se for divulgada, Jorge Roberto vai gostar  de saber que o analista opinou por seu retorno à politica. Sobre as preferencias, o pesquisador apresenta dois discos, contendo os nomes de Rodrigo, Felipe e Serafini, como se não importassem os demais. Até o apoio de Romário foi pesquisado.
Nesse cenário em que existem pesquisas, mas ninguém divulga resultado, só resta uma certeza: tem gente com muito medo do que as urnas poderão falar nas próximas eleições.