Archives for posts with tag: Bombeiros

 Danem-se os bombeiros destrambelhados e seus salários de fome.

A sociedade do Rio de Janeiro é hipócrita. Na hora da dor, quer a asssistência imediata do Corpo de Bombeiros, ao qual paga – por intermédio do governo do Estado – a mixaria de R$ 900,00. Nem serventes de pedreiro ou domésticas, dos quais não se exige qualquer preparação, aceitam trabalhar por menos disso.

O povo do Rio (leia-se especialmente: Ordem dos Advogados, Associação Brasileira de Imprensa, Centrais Sindicais tipo CUT, CGT e Força Sindical, igrejas de todos os cultos), caminha indiferente à crise salarial dos soldados do Corpo de Bombeiros e seus US$ 15,00 por dia. E, com esse salário, esperam que os bombeiros acorram prontamente aos incêndios, promovam resgates em acidentes, afogamento, tirem gatos de árvores e cadáveres das ruas, entre outras atribuições.

Não fosse esse um povo indiferente, em cada janela do Estado do Rio haveria um sinal de apoio à justa causa que professam, indicando que temos um bom coração e nos importamos com nossos heróis.

É essa indiferença que dá ao Governador Sérgio Cabral o direito de nos envergonhar perante o mundo e que levou os bombeiros ao desespero e destrambelho. A Cidade Olímpica, no país da Copa de 2014, é assim, de bombeiros amotinados, tratados como bandidos, porque ganham uma miséria, reclamam melhores salários, melhor formação e material.

As centrais sindicais tão nem ai pela reivindicação, pois militares não tem sindicato e nem lhes dão lucro. Ah se fossem os metalúrgicos de Lula…

 Eu me recuso a fazer parte dessa massa omissa. E por intermédio desse espaço faço meu papel de cidadão que vive e mora nesse Estado do Rio de Janeiro.

Governador, pegue meu rico dinheirinho via impostos e taxas e remunere condignamente os valorosos soldados e oficiais do Corpo de Bombeiros. Tome vergonha na cara e pare de ridicularizar o Rio perante o universo das nações.

Anúncios

Cabral diz que manifestação que pára  o Rio “vai dar em nada”.

Parecendo querer mais transtorno, governador desafia os bombeiros.

O governador Sérgio Cabral parece  botou mais lenha na fogueira e pagou pra ver, Em entrevista ao RJTV,  desafiou o movimento dos bombeiros do Estado do Rio por melhores salários. Ao invés  do equilibrio e diálogo, o governador quer briga. E vai ter.

Acampados na Alerj a semana toda e tumultuando o trânsito na hora do rush, os homens do Corpo de Bombeiros reivindicam equiparação com outras cidades, onde os bombeiros trabalham muito menos ou quase nada.

Cabral, ao dizer que “vai dar em nada” em entrevista à Globo,  pagou pra ver., Acho que os bombeiros vão mostrar  a ele do que são capazes. Até então, alguns ainda trabalhavam. A tendência é parar tudo depois depois dessa. Faltou equilibrio ao nosso governador.