Archives for posts with tag: Cantagalo

CONTAS JÁ ESTAVAM APROVADAS PELA CÂMARA MUNICIPAL

De nada adiantou a Câmara de Niterói ter aprovado as contas do ex-Prefeito Godofredo Pinto.  O Tribunal de Contas do Estado – TCE, acabou por condenar Godofredo a devolver  quase 450 mil reais aos cofres públicos. Eis o teor fs nota divulgada no site do TCE-RJ.

O ex-prefeito de Niterói Godofredo Saturnino da Silva Pinto terá que devolver aos cofres da cidade, com recursos próprios, R$ 455.340,29 (167.904,53 Ufir-RJ), além de pagar multa, também do próprio bolso, no valor de R$ 8.135,70 (3 mil Ufir-RJ), conforme decisão tomada nesta quinta-feira (14/5) pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ). A imputação de débito e a multa são decorrentes da prática de ato antieconômico em convênio assinado entre a Prefeitura de Niterói e a Associação de Moradores e Amigos do Cantagalo e Parque da Colina, em 27 de janeiro de 2005, referente ao Programa Saúde da Família. O processo foi relatado pelo conselheiro José Maurício de Lima Nolasco, que teve o voto aprovado pelo Plenário.

O convênio em questão é o 089/05, no valor de R$ 2.880.930,48 e prazo de dois anos. Análises do TCE-RJ e Tomada de Contas Especial realizada pela Controladoria geral do Município por determinação do Tribunal verificaram sobrepreço no salário de médicos, auxiliares de enfermagem e serventes, o que configurou a prática antieconômica aos cofres do município.

Godofredo Pinto deve ainda explicações ao TCE-RJ sobre outro convênio na área da saúde, este referente ao Programa Médico de Família, o 097/05, no valor de R$ 2.735.019,92, firmado entre a Prefeitura de Niterói e a Associação de Moradores do Bairro Albino Pereira, em 27 de janeiro de 2005, pelo prazo de dois anos. Em processo também relatado pelo conselheiro José Maurício de Lima Nolasco e com voto aprovado na mesma sessão, o Plenário do Tribunal decidiu citar o ex-prefeito para que apresente defesa ou recolha aos cofres municipais a quantia de R$ 807.571,90 pela prática de ato antieconômico.

(Comentário extraído do Jornal  Folha Oceanica)

Estou tentando descobrir onde reside o caos que o PT tanto alardeia em sua campanha.

Vejo a Prefeitura tentando abrir a área do Mergulhão para o trânsito e o PT não deixando. Trata-se de uma grande obra para “quem não fez nada”, como apregoa o candidato Rodrigo Neves.

Museu do Cinema está pronto

Igualmente, vejo a duplicação da Estrada Francisco  da Cruz Nunes, até o Monam, obstada pela Justiça e parada no Cantagalo à espera de um elevado ou remoção de moradias ; a duplicação da Estrada de Maria Paula e a construção de baias para ônibus na Alameda; a mão-única na Roberto Silveira e os corredores expressos para ônibus.

A obra está quase concluída

Que dizer da Policlínica do Largo  da Batalha, que mais parece um hospital? Magnifica obra, assim como a complementação do Caminho Niemayer, a contenção de encostas, ampliação das redes de galerias pluviais para minimizar os efeitos das chuvas.

Onde está o caos?

Posto do Médico de Família do Alarico, uma criação de Jorge Rodrto

Os serviços públicos funcionam normalmente, a coleta delixo é diária e constante, o Centro da cidade está sendo revitalizado. Claro que há transtornos, mas não se faz omelete sem quebrar os ovos.  Os salários do funcionalismo estão em dia (na administração do PT, servidores ficaram dois meses sem salários e sem décimo-terceiro), escolas e creches funcionam, não  falta merenda e o Médico de Família foi ampliado.

Estrada da Liminar (Francisco da Cruz Nunes), a cada metro uma sdecisão da justiça mandava parar

E Rodrigo Neves insiste que a cidade está um caos. Ficou mal  acostumado de tanto assistir a  administrações portentosas de Jorge Roberto  Silveira. Dessa vez, doente, Jorge teve que trocar várias vezes a cadeira de prefeito pela cama de um hospital. Rodrigo então, sem nenhum respeito à criatura humana,  faz a reengenharia do caos movido  por desenfreada sede de poder. É uma ganância ilimitada, mesmo  que isso ultrapasse os limites do ridículo.