Archives for posts with tag: Fraude

Atenção consumidores dos produtos da tradicional fábrica de frios e  embutidos Ceratti.

Tem um golpe novo na praça:  depois de fazer fama pela excelência de seus produtos, a Ceratti criou uma linha de péssima qualidade para competir com mortadelas chamadas de “baixa-renda”, de gosto discutível.

No Extra de Itaipu, a fraude para vender gato por lebre. Afirmam que é Ceratti tradicional com preço de  mortadela de segunda linha.

No Extra de Itaipu, a fraude para vender gato por lebre. Afirmam que é Ceratti tradicional com preço de mortadela de segunda linha.

No Extra de Itaipu/Niterói/Rio de Janeiro (Shopping Multicenter), está sendo vendida fatiada em pedaços grandes como a deliciosa Ceratti uma mortadela de qualidade inferior chamada Bambina. Ao que tudo indica, a loja conseguiu as embalagens com a logomarca Ceratti,  que tanto caracteriza produtos de altíssima qualidade,  com o próprio fabricante.

Diante da suspeita do consumidor habituado a pagar mais caro pela mortadela Ceratti tradicional, a loja do Extra garante que é “Mortadela Ceratti Tradicional, só que na hora de etiquetar a embalagem o funcionário errou o código, imprimindo o preço da mortadela Bambina”, em torno de R$ 10,00 o quilo, quase quatro vezes mais barata, mas que a loja garantiria assim mesmo a compra de quantas embalagens o cliente pudesse levar. Ficaria supostamente no prejuizo. Diante dos argumentos, as pessoas enganadas  enchiam os carrinhos, pensando estar levando vantagem.

Na propaganda da Bambina o nome Ceratti nem aparece

Na propaganda da Bambina o nome Ceratti nem aparece e no Extra é vendida como a tradicional

Aconteceu comigo. Primeiro, suspeitei de produto vencido. Resolvi só levar três peças e confiar na validade informada, longe de vencer.  Como estivesse embalada a vácuo em papel laminado sequer senti o cheiro característico da apetitosa Ceratti. Ainda assim, resolvi fotografar o produto no próprio caixa, pressentindo que havia mutreta.

Só fui dar pelo engodo no domingo, depois que as crianças e visitas devoraram uma peça e meia. Na minha vez, constatei que aquilo não era a mortadela que estava habituado (quando o dinheiro dá) a comprar no Freeport a R$ 38,00 o quilo.

Ao “denunciar” à Ceratti, fiquei sabendo que a tal Bambina é fabricada pela empresa. Era uma Ceratti tradicional com preço de  mortadela de segunda linha. Pelo sim, pelo não, decidi não confiar mais na Ceratti e evitar o consumo do que ela fabrica.

CUSTOS SÃO MENORES E O LUCRO AUMENTOU MAIS DO QUE COM REAJUSTE

Os empresários de Niterói  manobram  para burlar a redução nos preços dos ônibus na cidade. Através de uma prática batizada de “fazer tarifa nos ônibus”, os empresários reduziram a  frota, transportando em um  só veículo o que deveria ser levado por até cinco coletivos. A situação afeta mais os bairros da Região Oceânica de Niterói, onde há um monopólio. O tempo de espera aumentou e os ônibus trafegam superlotados, às vezes tendo que  deixar passageiros nos pontos.

Menos ônibus e mais passdageiros

Menos ônibus e mais passageios

Tudo para compensar o reajuste perdido. As empresas suprimiram alguns horários de modo que possam transportar mais passageiros por ônibus.  Na Região Oceânica, em que as  viagens são longas e demoradas, passageiros  se acumulam nos pontos à espera da condução. Os passageiros são constantes, mas os ônibus  raros. Há com  isso uma economia  com combustíveis, motorista, cobrador e manutenção e o faturamento por ônibus triplica. AQ Prefeitura não fiscaliza os horários.ONIBUS3

Os empresários estão provocando a população e desafiando as autoridades. É preciso mais rigor na fiscalização dos horários. Isso é fácil fazer, já que todo sistema está informatizado. Basta verificar quantos ônibus deixaram de operar pelas empresas. Pelo sistema atual, é possível até saber o nome dos passageiros transportados se estiverem usando o  Riocard, quanto mais identificar e provar a fraude

A situação também abrange as linhas intermunicipais, de concessão estadual, que ligam os municípios da região.  Viajar de Itaboraí, Maricá e São Gonçalo para Niterói, que era um tormento, ficou insuportável. Graças  à exclusividade nas linhas, os passageiros acabam virando refém das empresas. Como não há alternativa nem ônibus, resta se submeter à manobra das empresas.

-Se for para  ser assim, a passagem teria que custar muito menos. O passageiro se sacrifica em viajar feito sardinha em lata para  pagar a mesma tarifa, quando esta deveria ser proporcional à quantidade de pessoas transportada por viagem.

Está terminando a era do “vote em mim que roubarei para nós dois”.

Na ditadura recente, nas pesquisas de opinião,  o povo dizia aprovar os governos. Mas era por medo. Esse comportamento diante de consultas criou raízes profundas a ponto de mamae Dilma Roussef chegar aos 80% de aprovação,motivo para a bebedeira geral do PT e aliados fiés.

Legenda – O PT abandonou à própria sorte o militante Adalberto Vieira da Silva, carregador de dólares na cueca que foi preso em São Paulo.

O PT abandonou à própria sorte o militante Adalberto Vieira da Silva, carregador de dólares na cueca que foi preso em São Paulo.

 Apesar dos dólares na cueca, dos mensaleiros, das fraudes (em concursos, Enem, cartões de crédito, remédios, educação, esportes, trabalho etc), a estrela do PT brilhava no alto e agora afunda na lama que com que irrigou o país.

dolar na cueca

O povo foi deixando… e agora resolveu cobrar.  Os brasileiros de agora rejeitam a proposta de proposta de comer no mesmo cocho, de mamar nas tetas do governo.O Brasil quer acabar com essa coisa e com quem defende a corrupção e os corruptos. Tämbém quer limpar a Policia, de modo que um policial não tenha vergonha (nem medo, principalmente) de ser honesto em meio a tantos colegas maus.

Um jovem policial confessou  que ou aderia aos métodos desumanos e corruptos de sua corporação ou seria eliminado. Advinhem o que fez? Está vivo até hoje…

Irmão dde José Genoino, deputado do PT, condenado como mensaleiro, ainda no mandato

Irmão  cuequeiro de José Genoino, deputado do PT, condenado como mensaleiro, ainda no mandato

O povo brasileiro não quer só eliminar a pilantragem da politica, mas principalmente da Justiça, onde sentenças estapafúrdias são dadas sem critério e desafiando a Inteligência geral. Para onde se olha no Brasil, há fumaça de safadeza no ar, que se irradia dos ministérios aos mais insignificantes dos departamentos  de todas as esferas de governo.

Só arroxam os trabalhadores, assim  mesmo os de menor expressão, da classe média para baixo. Os executivos, quase sempre protegidos por empresas pessoais e protegidos por bons contratos, não sentem  o cheiro insuportável do que a massa respira. Os CEOs, artistas e especialistas fundam “empresas”,  quase sempre isentas de tudo e por intermédio delas fecham negócios negados  ao  trabalhador.

Agora, só falta fazer com que a rejeição dos brasileiros respingue também os políticos dos partidos que se aliaram ao PT, Lula e Dilma.  A situação é tão grave que ninguém escapa, indicando que deve ter sido Satanás quem inspirou o PMDB, PR, PTB, PRTB (do bispo Macedo), PDT e outros mais para que fizessem parte dessa conspiração do mal contra os maiores interesses do país, pois estão mais sujos do que pau de galinheiro ou  criancinha cagada.

Por enquanto, ainda temos jogos dessa Copinha. Quero ver é depois…

 

O Fantástico, da TV Globo, mirou apenas em peixes miúdos na sua reportagem sobre corrupção. Ela parece maior e mais crônica em outros setores, que envolvem verdadeiros tubarões que não foram sequer incomodados pela reportagem. Pior, todos os envolvidos não são anunciantes dos veículos das organizações Globo.

Corrupta prometia entregar dinheiro em qualquer lugar

Corrupta prometia entregar dinheiro em qualquer lugar

Nada, nem uma linha, nenhuma palavra, sobre concessões trilionárias, sobre privatizações de arrepiar os cabelos e grandes grupos, como as empreiteiras Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Odebrecht e Queiroz Galvão, que juntas abiscoitaram R$ 138 bilhões só do governo federal. Que dizer dos financiamentos do BNDES… R$ 230 milhões para Eike Batista, que está podre de Rico, construir o Cassino Glória; 10% de toda verba são destinadas àquelas grandes empreiteiras, sabem para que? Para obras do exterior. Mas os briosos jornalistas não têm olhos para isso.

A TV Globo mirou apenas nos pequenos, assim como  como adora atacar favelados e populações de rua. E pegou uns porraloucas. Ou como diz Lula, aloprados.

Adolfo Maia, da Bela Vista, foi à DP e lavou as mãos

Adolfo Maia, da Bela Vista, foi à DP e lavou as mãos

Para a TV Globo, anunciantes como as construtoras  MRV (a maior construtora do Brasil), Gafisa/Tenda,  a 2ª maior), Localiza, Delta (que faz a maior parte das grandes obras do Estado)

Poderiam ter montado uma reportagem idênticas de olho nos bancos, que oferecem fortunas pelas contas salários, autênticos leilões. As trocas de banco estão por ai, prejudicando servidor, deixando gente sem pagamento, mas só a V Globo não vê? Claro que vê e faz vista grossa. Há prefeitura que um ano teve contas no Itaú, pulou depois para o Real/Santander,. Agora está no Banco do Brasil e flertando com o Bradesco para o ano que vem…

Querem que acreditemos que isso é “di grátis”?…

Para mim, essa reportagem foi uma retaliação a quem não quis anunciar na Globo. Mas, esperem, deixem a poeira assentar, o circo ser desmoralizado e então será possível ver anuncio dessas locadoras de automóveis, fornecedores de comida, empreiterazinhas e coisas do gênero.

Os tubarões, nem pensar. Eles pagam por seu sossego por via de fabulosas verbas publicitárias de anúncios que ligam o nada a lugar nenhum…

EDUARDO FAUSTINI É UM FAKE

O que pouca gente sabe é que orepórter Eduardo Faustini não existe. É uma espécie de Carlos Swan, de O Globo. Podem ser vários repórteres que trabalharam na matéria, reunida em torno de um nome fictício.

Eu já tive o meu fake. Chamava-se ora Adamastor Neves, ora Roberto Moreira. Esse expediente me salvou a vida muitas vezes.

Até um Simpson pode ser Eduardo Faustini