Archives for posts with tag: museu

Improbidade tem sido a marca do governo petista do glorioso Rodrigo Neves; Prova disso é que baixou decretos atropelando a Câmara e depois teve que voltar atrás.

Muito embora tenha jurado “respeitar a Lei Orgânica do Município de Niterói”, alto e bom som,  o prefeito do petista, imediatamente, decidiu passar por cima do que diz a Lei Orgânica. Em seu artigo 8º. A LOM destaca:

“Art. 8º – Constituem símbolos do Município a Bandeira, o Hino, o Brasão e a representação gráfica do Museu de Arte Contemporânea, a ser definido em Decreto do
Poder Executivo, alusivos à sua Cultura e à sua História”

Ao mandar trocar o símbolo de Niterói, feriu a lei que ele jurou respeitar. Caso típico de improbidade administrativa. Fizeram pior: copiaram descaradamente a marca do Nintendo 64, homologando um furto qualificado sobre propriedade intelectual alheia, devidamente registrada, o cubo da Nintendo em 3D.Nitendo

Que coisa feia

Será vai ser assim até o final dos seus dias de governante? Se em 15 dias foi capaz de tanta coisa errada… qual será a próxima?

Com a palavra o Ministério Público Estadual.

Anúncios

cabral com rodrigo asfaltoGOVERNO SÓ FICA NO VAI FAZER ISSO E AQUILO

O glorioso Rodrigo Neves, prefeito de Niterói, ao que parece, continua em campanha.  Depois de empossado, repete com insistência factoides utilizados enquanto candidato. A maior parte dos releases distribuídos por sua assessoria dá conta de encontros com autoridades, assinatura de protocolos e convênios. Mas nada de início imediato, como a conclusão das obras do Mergulhão da Marquês e da Estrada Francisco da Cruz Nunes, do Largo da Batalha ao Parque da Colina, que estão abandonados.

Na foto à direita, do portal da PMN, mais um capítulo da novela “Pega Trouxa”, com Sérgio Cabral e Rodrigo Neves, uma quinzena perdida

Tal qual apareceu firmando protocolo com o Governador Sérgio Cabral, que veio a Niterói em horário de expediente  dar uma alavancada na campanha, mais uma vez os dois se encontraram para enganar os trouxas e posar para fotografias, firmando mais um protocolo sem pé nem cabeça, como calçar ruas. Brincadeira!

No reencontro de com Cabral, Rodrigo diz que a prioridade  de pavimentação se concentra na Engenhoca, Fonseca, Barreto, Santa Rosa, São Francisco e Zona Sul. Nada para a Região Oceanica e Pendotiba, onde é grande o número de ruas sem pavimentação (é só ler a matéria no portal da Prefeitura).

MAIS SANDICES

marthaAté a Chefe de Polícia, Martha Rocha (D), de maior credibilidade no governo, se prestou a esse papel

Na falta do que fazer, o novo prefeito decidiu chamar os secretários de Fazenda, de Planejamento e de Administração para um certo lançamento do relatório fiscal de Niteroi. Para ninguém,  apenas mais um factoide para se manter na mídia para desviar a atenção da população para o fato de nada fazer até o momento, a não ser a operação “Cobertor Perneta”, com o fechamando da pediatria da UPA Fonseca e o remanejamento para o hospital de campanha do Getulinho.

Já é hora do prefeito começar a trabalhar de fato e sem errar, como errou ao querer governar por decreto e teve que voltar atrás. Dinheiro jogado fora com a publicação dos atos no Diário Oficial. Por falar nele, ninguém consegue aqcessar os atos do Diário Oficial pelo portal da PMN. Transparência zero

CANDIDATO DO MENSALÃO INIU-SE COM TRAIDOR; AGORA SÓ FALTA FECHAR COM O DIABO

ADVERTENCIA DE SÉRGIO ZVEITER – Rodrigo Neves é veneno e pode até matar.

O candidato a prefeito do PT, Rodrigo Neves, deve estar cortando um dobrado  para explicar esse casamento dele com Sérgio Zveiter.

Eleito pelo PDT graças a Jorge Roberto Silveira, Sérgio Zveiter mais parece um rato fugido de navio. Até setembro de 2011, data em que se desligou do PDT, Zveiter tinha JR como ídolo e único senhor. De repente, traiu quem o ajudou se eleger e tentou tirar o dele da reta, criticando ferozmente um governo onde teve participação efetiva, qual seja: nada fez.

Em sua fúria (gente, o niteroiense rejeita esse tipo de temperamento!), além de atirar em Felipe Peixoto, fez pior com Rodrigo Neves. Chamou-o de genérico de Godofredo Pinto (esqueceu de incluir Jorge, atrás do qual vivia implorando um tostão de atenção).

Ser genérico do Godofredo é pior do que ter a mãe na zona e a filha garota de programa. Genérico do Godofredo ofende e prejudica, pois Godofredo é tudo  de  ruim, ficou quase sete anos no poder e deixou uma baita dívida para seu sucesso pagar.

Que Rodrigo Neves era o Primeiro-Ministro daquela catástrofe que foi o governo do PT de Godofredo ninguém tem dúvida. Mas lembrar essa relação fez estrago na campanha petista. E lá se foi Zveiter xingando Rodrigo Neves.

Mas Rodrigo Neves é antes de tudo um sem-vergonha, começou a namorar Zveiter na reta final, quando todas  as pesquisas indicavam que o Psol havia ultrapassado o candidato do PSD. Até  pesquisas eleitorais foram manipuladas para dar moral a Sérgio Zveiter e prejudicar o Psol.

O flerte virou casamento, com compromisso e tudo. Zveiter quer o Cartório da Dívida Ativa, que Jorge negou, quer apoio para sua reeleição, quer secretarias e tudo mais, talvez ser o Imediato (Primeiro-Ministronão dá, pois  será o ex-prefeito Godofredo Pinto)  caso Rodrigo seja eleito.

Ex-prefeito do PT, Godofredo Pinto quer voltar ao poder como Primeiro-Ministro de Rodrigo Neves

Como explicar esse casamento espúrio à população, que de antemão rejeitou Sérgio Zveiter nas urnas?

Não tem explicação e há coerência nisso. Agora, a boca do canhão de Sérgio Zveiter, que começou apontada para Rodrigo, vai se virar contra Felipe. Os poucos que votaram em Sérgio não vão aceitar ser massa de manobra, objeto de barganha. Sabem que apenas Sérgio Zveiter sairá lucrando com essa aliança e os eleitores ficarão chupando dedo.

Não custa imaginar o destino que os eleitores de Sérgio Zveiter darão aos seus votos…