Archives for posts with tag: Prefeito

Dar continuidade ao elogiado trabalho de sua antecessora. Foi com essa promessa que Antônio Lourosa tomou posse, hoje à tarde, como novo presidente da Clin (Companhia de Limpeza de Niterói). Na sede da companhia, na presença do prefeito Rodrigo Neves, funcionários e secretários municipais, ele assumiu o cargo no lugar de Claudia Neves Saraiva, presidente desde 2013, que deixou o cargo para assumir a Subsecretaria de Infraestrutura e Logística da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser).

Durante a cerimônia, o prefeito Rodrigo Neves destacou o sucesso da gestão da ex-presidente.

“A Clin é  órgão fundamental para a cidade. O serviço que temos prestado à população nestes três últimos anos nem se compara ao que era feito quando assumimos. A Clin soube, através dessa equipe, detectar e fazer o zoneamento da cidade para realizações concretas e assim continuaremos. Com gestão trabalhando pela cidade. O importante é prestar um bom serviço à população”, disse, o prefeito pedindo à nova administração da CLIN muito afinco e zelo pela cidade.

O novo gestor, que ocupava a Superintendência da CLIN desde 2013, destacou o desafio de assumir a presidência e se comprometeu a investir nas ações de conscientização da população.

 “Dirigir uma empresa do tamanho da CLIN é um grande desafio. Vamos continuar esse trabalho que está sendo feito na cidade. Também vamos focar na educação ambiental, pois está na hora de todos entenderem que são responsáveis pelos resíduos que produzem. O lixo tem que ser descartado de maneira correta. Com isso, se reduz grande parte dos problemas gerados pelo lixo, como a proliferação de vetores, riscos de enchentes e muitos outros.”

Participaram também da solenidade de posse toda a diretoria da CLIN, a secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa, a secretária de Planejamento, Modernização de Gestão e Controle, Giovanna Victer, e o coronel Alexandre Cony.

Anúncios

“NASCIDO E CRIADO NA CIDADE”, É UMA OPÇÃO DE RESPEITO  

Nas ruas, a pressão é grande

Nas ruas, a pressão é grande

‘Niterói precisa de um médico”. Desse modo, o médico José Seba, considerado um dos maiores imunologistas do país, anunciou sua disposição de ser prefeito de Niterói. Candidato a vice-prefeito na chapa de Felipe Peixoto, que perdeu para Rodrigo Neves, Seba fala com respeito e admiração do atual prefeito.
– A política não precisa de elementos raivosos, mas de pessoas cordatas que se disponham a defender e trabalhar pela cidade. Com estilo próprio de fazer politica, José Seba diz que pretende escutar todos os segmentos para estabelecer as prioridades administrativas.
– Não sou candidato nada. Eu acho que quem escolhe o candidato é o partido. Meu partido, o PPS, não me procurou. Ninguém é candidato sozinho. Se houver um partido interessado que eu seja seu candidato a Prefeito, aceitarei o convite, que considero muito honroso e indeclinável, pois me considero ponto. Nasci e me criei em Niterói, sempre vivi e estudei aqui, tenho uma relação afetiva com a cidade e sinto que posso fazer muito por Niterói – disse.
Torcendo para que seu ex-companheiro de chapa, Felipe Peixoto, faça um bom trabalho à frente da Secretaria de Saúde do Estado, José Seba quer recuperar a excelência médica de Niterói. “Nada contra São Gonçalo, mas haveria se imaginar que pacientes de Niterói tivessem que se tratar no Hopital Alberto Torres? Perdemos em excelência e qualidade. Niterói era o centro-médico da região e perdeu a cofiança das pessoas. Antgamente, quando alguem precisava de socorro médico, pedia para ser levado ao Antonio Pedro; oje é para o Alberto Torres” – disse. E completou
– Precisamos atuar em conjunto com a universidade, pois é de lá que vem os avanços em todas as áreas da existência humana. Niterói precisa de uma grande emergência, que atenda adultos e crianças, como era feito no Antonio Pedro. Esta será minha bandeira.
José Seba não consegue criticar a administração de Rodrigo Neves, vê muito empenho no prefeito e até lamenta quando ele fracassa: “ninguém quer ser prefeito para fracassar, para fazer as coisas complicarem. Eu torço por ele, pois se fracassar quem paga somos nós, é a cidade”, frisou.

Seba fez uma visita de cortesia ao Vereador Bruno e do cardápio não se falou de eleições

Seba fez uma visita de cortesia ao Vereador Bruno e do cardápio não se falou de eleições

Diante da pressão para que seja candidato, Seba encomendou pesquisa de opinião e se impressiona com os números, que não quer ver revelados.
Ao concluir, José Seba definiu que “cuidar da cidade é fazer o bem e amar seus habitantes”. Para ele, um governante tem que fazer apenas o que é correto, produza o bem e não faça ninguém sofrer.
A entrevista completa com José Seba estará na edição do EXPRESSÃO OCEÂNICA que circulará a partir de 16/09/2015.

Novo prefeito de Niterói erra, não pede desculpas, mas revoga decretos sem pé nem cabeça

Finalmente, num lampejo de inteligência, o glorioso Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, do PT, revogou todos os decretos que criavam cargos e órgãos públicos sem ouvir a Câmara Municipal.

Imediatamente após a sua posse, Rodrigo baixou decretos fundindo secretarias, criando outras e criando os cargos.

Agora, o glorioso terá que mandar mensagem à Câmara Municipal, providência que já deveria ter sido tomada. Esperamos que ele não se esqueça de convocar extraordinariamente o legislativo, que se encontra em recesso para avaliar as propostas.

E como fica a situação de quem trabalhou até então nas secretárias fundidas ou criadas?

Candidato é movido pelo ódio e preconceito contra seu ex-amigo –

O que Rodrigo Neves fez por Niterói. Enquanto vereador, qual a Lei de sua autoria que ajudou a cidade e seu povo? E na condição de deputado, qual é de sua autoria?

Claro que se houvesse, ele divulgaria, faria um estardalhaço. Só que não tem e apela para outros argumentos para enganar o eleitor: perseguir Felipe Peixoto, este sim um campeão de votos e proposições. Um trator para trabalhar.

Um homem de duas caras, Aqui Rodrigo é careca

mas aqui parece ter cabelo na testa

Conheço Rodrigo Neves, é um ótimo rapaz (como tantos mais), eu compraria uma bicicleta velha dele,  mas não lhe confiaria os destinos de Niterói. Não tem preparo nem bagagem para isso.  Em matéria de politica, Rodrigo ainda está no jardim de infância, natural que seja um destemperado feito macaco em loja de louça. Ainda tem muito que aprender.

Mas onde Rodrigo Neves erra numa campanha se pulou na frente?

No ódio, na falta de proposta, na falta de provar que decorridos tantos anos de mandato eletivo fez alguma coisa de boa para Niterói. Então, precisa esconder essa fraqueza, contar histórias, apelar para o pior dos preconceitos: macular uma pessoa porque teve câncer.

Para Rodrigo, só Lula e Dilma podem ter câncer; Jorge Roberto não. Porrada nele! Aproveita de uma fatalidade para tirar proveito eleitoral. Nisso Rodrigo Neves é bom, em bater nos combalidos. Ao invés de uma palavra amiga, um gesto de carinho a quem tanto lhe lhe deu a mão, porrada, toda porrada do mundo.

Essa cidade pode não estar contente com Jorge Roberto, mas jamais deixará de lhe ser grata, de agradecer por tudo que fez, de ter com ele um caso de amor.

Essa é a diferença, a palavra chave: AMOR.

Rodrigo não sabe amar nem respeitar a cidade. É movido pelo ódio a Jorge e Felipe. Está claro nas promessas que faz, nos abraços que dá nessa campanha milionária que inunda as ruas e praças sem a menor empatia.

Não há males que bem pra bem. O mal só produz o mal, ninguém que planta alface colhe banana. Irá colher exatamente o mal que plantou. Felipe Peixoto semeia o amor e essa campanha se desenhou como a luta do amor contra o ódio, do bem contra o mal. Está nas mãos do eleitor de Niterói fazer a sua opção. Se quer um governante com AMOR no coração votará em Felipe; Se quer ser governada por quem apela desde adota tantos atributos da maldade (intolerância, preconceito contra doente, desumanidade), que vote em Rodrigo Neves.

É uma questão de escolha!

CANDIDATO DO PT NADA FEZ POR NITERÓI

Rodrigo Neves já é um político de muitos mandatos. Enquanto vereador justificava-se o nada que fez pela cidade. Afinal, era da oposição, até o PT compor com Jorge Roberto e arrumar uma boquinha para Rodrigo ser Secretário de Ação Social, ficar mais próximo de Jorge Roberto e assim sedimentar sua pretensão de ser o vice-prefeito em 2000. Também nada fez como secretário municipal, a não ser aumentar a quantidade de passes-livres para ônibus, o suficiente para se eleger deputado estadual.

Rodrigo ri de que? Só pode ser de deboche

Nessa condição, não se tem registro de nenhuma obra, benfeitoria ou coisa assim que o deputado Rodrigo Neves fez pela cidade. Pior: ele se destaca justamente pela omissão, pelo que não fez, pegando carona no esforço alheio, como no caso da indústria naval, cujo soerguimento começou com Fernando Henrique, lá atrás,

O que Rodrigo Neves pode bater no peito e dizer: eu fiz? Nem o Liceu, onde se projetou, mereceu a atenção dele. Estão lá, alunos e professores desprezados por Rodrigo. Além de omisso o moço é ingrato, nada fazendo pelo Liceu Nilo Peçanha. Que dizer de quando o Governador decretou a extinção do Colégio da PM no Fonseca! A mesma  vista grossa

A omissão do deputado Rodrigo Neves tem efeito devastador. Mesmo tendo a pretensão de ser candidato a Prefeito de Niterói, assistiu de camarote (quiçá não estimulou?) ao Governador Sérgio Cabral se desfazer do patrimônio público de sua cidade. A desprezar a segurança pública. A começar pela Escola Superior de Polícia Militar, revelando que não tem a menor preocupação com a educação. Nada fez para impedir que aquele patrimônio cultural e arquitetônico fosse negociado a preço de banana pelo governador, deixando o ensino superior público de Niterói banguela.

Que se dane o Colégio da PM. Rodrigo nada fez

Como acreditar que Rodrigo Neves se preocupa com a educação? Teve a faca e o queijo na mão, era um braço do governador e  nada fez. Nadinha. Seu adversário mais direto, Felipe Peixoto, ocupou-se juntamente com o vereador Gallo de tentar impedir a venda, tornando a Escola Superior da PM e seus entornos patrimônio público de Niterói. Mas perderam, pois o prefeito era Godofredo e o deputado de  Godofredo era Rodrigo Neves.

Rodrigo era o Deputado de Godofredo, de triste memória

Veio a venda do Caio Martins. Depois da tentativa de transformar o Campo de São Bento em estacionamento, ninguém esperava que fosse aparecer uma proposta igualmente absurda e acachapante, mais ridícula do que fazer desaparecer o Caio Martins. E a briga foi grande, enorme. E onde estava Rodrigo Neves naquela hora de medo e pavor de uma cidade agredida com a violência e inusitado da proposta? Em qualquer lugar, menos na trincheira em defesa do Caio Martins. Não há registro da intervenção de Rodrigo em defesa da cidade.

Como alguém tão omisso assim pode ter a pretensão de se eleger prefeito da cidade?

Esta escola não existe ,mais graças à omissão de Rodrigo e Godofredo

Na questão das Barcas ficou patente o desprezo. Antes, uma passagem de ônibus equivalia a 10 passagens nas barcas, Hoje, o preço dobrou, as barcas estão mais caras que os ônibus e o serviço piorou. Enquanto se demorava 25 minutos numa travessia no barcão, hoje se leva quase uma hora, entre a travessia e a espera em pé, dentro e fora da estação.

Area onde foi a ESPM e seu entorno não existe nada

Pode-se até dizer que Rodrigo Neves é pai e mãe da degradação das Barcas, tal sua falta de interesse em agir. O tal bilhete único só dá direito a uma passagem por dia. O coitado do usuário, pensando estar pagando menos, nem percebe que foi gatunado na roleta ao ultrapassar o máximo permitido de uma só viagem.

Esses são alguns exemplos que precisam ser mostrados e sobre os quais o Sr. Rodrigo Neves deveria se explicar para a população de Niterói e dizer por que não fez nada. Outros serão mostrados nesse espaço como forma de alertar os eleitores para o risco que correm.

Estudantes, seus pais e professores foram pra rua impedir o fechamento da escola

Prefere, isso sim, levar o debate para comparações entre Lula e Jorge. Ora, Jorge Roberto veio levando porrada direito e Lula e Dilma enaltecidos. Jorge foi crucificado pela fatalidade das chuvas como se Niterói não ficasse no Brasil, no Estado do Rio e que estava a merecer a atenção tanto do presidente quanto do governador.

Por que sobrou apenas para Jorge Roberto?

Porque Rodrigo e outros mais não pretendiam ser presidente da República nem governador. Cobiçavam o cargo de prefeito e para tanto era preciso culpar Jorge. E culparam. Não tem propostas, tem um culpado para mostrar, esquecendo o passado glorioso de Jorge Roberto Silveira;

Eu não esqueci.

Niterói do brilho é de todos. Niterói da chuva, da lama, dos deslizamentos é só de Jorge? E os demais políticos, como Rodrigo Neves e Sérgio Zveiter, o que fizeram pela cidade para evitar a tragédia?

Nada, como sempre.

Pesquisa eleitoral é uma coisa tão séria, mas tão séria, que tem uma lei especial só para tratar dessa questão. O jornal O Fluminense deu um “nem te ligo” para Justiça ao distorcer pesquisa de intenção de votos realizada pelo Mapear e divulgada na edição de terça-feira, 04/09em beneficio da candidatura do deputado Rodrigo Neves.

Primeiro erro: contrariou o disposto no art.11 da Resolução 23.364 do TSE, que exige que conste da divulgação o número de registro da pesquisa perante a Justiça Eleitoral, a margem de erro, o período da pesquisa, o nome da entidade, empresa ou candidato que contratou o serviço.

Deputado Rodrigo Neves, beneficiado pela fraude

A “matéria”, que mais parece um informe publicitário, além de não guardar respeito ao que exige a lei, modifica o questionário da pesquisa previamente registrada pelo Instituto Mapear no TSE sob o numero RJ-00067/2012.

Cristalino se revela que alguns  dados não correspondem aos  da pesquisa registrada, o jornal – no afã de beneficiar o candidato Rodrigo Neves – divulgou uma PESQUISA NÃO REGISTRADA. Pior ainda> não realizada pelo Instituto Mapear, posto as informações coletadas guardam relação com o questionário registrado no TSE como parte integrante do registro RJ-00067/2012. E meia-verdade é uma mentira completa e acabada.

Na edição de hoje jornal não fez a correção esperada

A questão nº 12 da pesquisa é clara: quer saber do  eleitor APENAS se o entrevistado acha que o apoio de Cabral, Lula, Dilma, Godofredo e Jorge Roberto aumenta diminui ou não altera a vontade do eleitor de votar em um candidato? Não há nenhuma referência ao candidato Rodrigo, especificamente, como dá a entender  a “matéria” de  O Fluminense.

Quer dizer: não existe a pesquisa nos termos do que o jornal publicou, mesmo porque a publicação em si é um acinte, um descaso com a Justiça Eleitoral deste país;

Outra não foi a intenção de O Fluminense senão beneficiar o candidato Rodrigo Neves, especialmente quando, por exemplo, é público e notório que Felipe Peixoto e Sérgio Zveiter gozam da simpatia do governador Sérgio Cabral. Ainda assim, por meio de uma manipulação grosseira, O Fluminense dá a entender que Rodrigo Neves é o preferido de Sérgio, quando isso NÃO CONSTA da pesquisa da Mapear.

Isso é fraude. E fraude é crime punido com a prisão do diretor-responsável pelo jornal (art. 35)  a pena de seis a um ano de cadeia,  nos termos do art. 3, § 4º da Lei 9504, de 30 de setembro de 1997, além das multas previstas, inclusive no § 3º do mesmo art. 33, que cominadas podem chegar a 200 mil UFIR.

Um jornal ou jornalista pode e deve dizer  claramente a quem apoia. É seu direito, como o fazem os maiores do mundo.  Mas tem que fazer isso de modo cristalino. Sem faz-de-conta ou modo subliminar, apenas dando a entender que prefere um em detrimento de outro ou mediante exposição de fotos e fatos que tendem a influir na escolha do eleitor.

O Fluminense perdeu o rumo nessa descontrolada tentativa de empurrar Rodrigo Neves goela abaixo dos eleitores de Niterói. Perdeu mais que isso: a credibilidade e compostura que Alberto Torres  edificou.

Com a palavra a Justiça eleitoral

 

PSD DE SÉRGIO ZVEITER PAGOU R$ 45 MIL PELA PESQUISA

Sérgio Zveiter encomendou ao Ibope a maior de todas as pesquisas de opinião sobre eleições na cidade. Pagou, através do Comite Financeiro do PSD R$ 45 mil pela pesquyisa, registrada na Justiça Eleitoral sob o número RJ-00076/2012. O resultado sairá no dia 6 de setembro, pois os trabalhos de campo0 continuam desde o dia 1/9.

Sergio Zveiter e o padrinho Jorge Roberto, pedindo votos para elege-lo deputado federal

O PSD de Zveiter terá  em mãos uma pesquisa para melhor direcionar sua campanha, um raio=X obtido a partir da entrevista com 805 candidatos, que responderam a um dos questionários mais longos da história.

Uma coisa é certa: Sérgio Zveiter só vai divulgar o que for de sua conveniência. Duvido e faço pouco que terá coragem de divulgar os 17 itens da campanha, que estão relacionados abaixo e que eu obtive no TRE.

Dentre os questionários, uma tendência: checar a popularidade de Jorge Roberto.

Vejam abaixo o questionário, com o cuidado de observar que a relação está em ordem alfabética, o que pouco importa, pois os nomes estão gravados num e todos tem a indicação de numero 1.

Sérgio Zveiter bem do ladinho de Jorge Roberto, feliz da vida, todo bobo, festando aliança com César Maia

P01) Para começar, como o(a) sr(a) diria que se sente com relação à vida que vem levando hoje? O(A) sr(a) está: 

(LEIA ALTERNATIVAS 1 A 4 – RU)

1(   ) Muito satisfeito, 3(   ) Insatisfeito, ou 8(   ) Não sabe

2(   ) Satisfeito, 4(   ) Muito insatisfeito? 9(   ) Não respondeu

P02) Em outubro deste ano, teremos eleições para Prefeito e Vereadores. Gostaria de saber qual o seu interesse pelas eleições que ocorrerão neste ano. O(A) sr(a) diria que tem:  (LEIA ALTERNATIVAS 1 A 4 – RU)

1(   ) Muito interesse, 3(   ) Pouco interesse, ou 8(   ) Não sabe

2(   ) Interesse médio, 4(   ) Nenhum interesse? 9(   )

P03) Se a eleição para PREFEITO fosse hoje, em quem o(a) sr(a) votaria para Prefeito de Niterói?  (ESPONTÂNEA –

RU – CASO NÃO ENCONTRE NA LISTA ANOTE CÓD. 6 – CITOU OUTRO NOME)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini 6(   ) Citou outro nome

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Ninguém/ Branco/ Nulo

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P04) [DISCO 1] Se a eleição para Prefeito de Niterói fosse hoje, em quem o(a) sr(a) votaria? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Nenhum/ Branco/ Nulo

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P05) [DISCO 1] Independente da sua intenção de voto, na sua opinião, quem será o próximo Prefeito de Niterói? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P06) [DISCO 01] Dentre estes possíveis candidatos a Prefeito de Niterói, em qual o(a) sr(a) NÃO VOTARIA DE JEITO NENHUM? Mais algum? Algum outro?  (RM)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Poderia votar em todos

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P07) O(A) sr(a) pessoalmente gostaria que fosse eleito para Prefeito de Niterói um candidato que:  (LEIA

ALTERNATIVAS 1 A 4 – RU)

1(   ) Desse total continuidade à administração atual,

2(   ) Fizesse poucas mudanças e desse continuidade para muita coisa,

3(   ) Mantivesse alguns programas, mas mudasse muita coisa,

4(   ) Mudasse totalmente a atual administração de Niterói?

8(   ) Não sabe

9(   ) Não respondeu

Agora vamos falar da atual administração municipal…

P08) Como o(a) sr(a) classifica, até o momento, a administração do Prefeito Jorge Roberto Silveira? O(A) sr(a) acha que ela está sendo:  (LEIA ALTERNATIVAS DE 1 A 5 – RU)

1(   ) Ótima,

2(   ) Boa, 4(   ) Ruim, ou 8(   ) Não sabe

3(   ) Regular, 5(   ) Péssima? 9(   ) Não respondeu

P09) E o(a) sr(a) aprova ou desaprova a maneira como o Prefeito Jorge Roberto Silveira vem administrando a cidade de Niterói? (RU)

1(   ) Aprova  8(   ) Não sabe

2(   ) Desaprova  9(   ) Não respondeu JOB 2058 | 2012 – NITERÓI – 805 ENTREVISTAS  Página 4 de 5

P10) Comparando a administração do Prefeito Jorge Roberto Silveira com a administração do ex-prefeito Godofredo

Pinto, na sua opinião, qual o(a) sr(a) diria que foi a melhor administração? (RU)

7(   ) Nenhuma destas  (ESP.)

1(   ) Godofredo Pinto  8(   ) Não sabe

2(   ) Jorge Roberto Silveira 9(   ) Não respondeu

P11) [CARTELA 1] Aqui está uma lista de áreas onde as pessoas vem enfrentando problemas de maior ou menor gravidade. Por favor, diga qual é a área em que, na sua opinião, a população de Niterói está enfrentando os maiores problemas. E em segundo lugar? E em terceiro lugar?  (ATÉ TRÊS OPÇÕES – CASO DEIXE DE

CITAR ALGUMA OPÇÃO, MARQUE CÓDIGO 99)

1º LUGAR: |____|____| 2º LUGAR: |____|____| 3º LUGAR: |____|____|

(01) Calçamento de ruas e avenidas (09) Limpeza pública (17) Atividades culturais

(02) Saúde (10) Abastecimento de água (18) Opções de lazer

(03) Educação (11) Segurança pública (19) Rede de esgoto

(04) Trânsito (12) Habitação (20) Corrupção

(05) Transporte coletivo (13) Meio ambiente

(06) Assistência Social (14) Impostos e taxas (97) Nenhuma destas

(07) Geração de Empregos (15) Administração pública (98) Não sabe

(08) Iluminação pública (16) Atividades esportivas (99) Não respondeu

Agora voltando a falar sobre eleições…

P12) De uma maneira geral, o(a) sr(a) diria que tem muito, pouco ou nenhum interesse pelas Propagandas e pelos

Programas Eleitorais? (RU)

1(   ) Muito interesse

2(   ) Pouco interesse  8(   ) Não sabe

3(   ) Nenhum interesse 9(   ) Não respondeu

P13) O(A) sr(a) tem assistido Programa Eleitoral Gratuito pela TV, ainda que de vez em quando? (RU)

1(   ) Sim  8(   ) Não sabe

2(   ) Não  9(   ) Não respondeu

P14) O(A) sr(a) diria que costuma assistir Programa Eleitoral Gratuito:  (LEIA ALTERNATIVAS 1 A 5 – RU)

1(   ) Sempre que pode,

2(   ) Deixa a TV ligada, mas não presta atenção,

3(   ) Assiste apenas alguns, dependendo do partido, ou de quem está falando,

4(   ) Deixa a TV ligada, mas com o som baixo, ou

5(   ) Nunca vê Programa Eleitoral Gratuito partidário, sempre desliga a TV?

8(   ) Não sabe

9(   ) Não respondeu

P15) [DISCO 01] Na sua opinião, qual candidato está fazendo a melhor campanha na TV e no rádio? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Nenhum

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P16) [DISCO 01] E qual candidato está fazendo a melhor campanha nas ruas? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Nenhum

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P17) Para terminar, qual é a sua religião?  (ESPONTÂNEA – RU)

01(   ) Católica Apostólica Romana 12(   ) Adventista

02(   ) Assembléia de Deus 13(   ) Testemunha de Jeová

03(   ) Batista/ Metodista/ Presbiteriana 14(   ) Judaica

04(   ) Universal do Reino de Deus 15(   ) Espírita/ Kardecista

05(   ) Deus é Amor 16(   ) Afro-Brasileiras (Umbanda, Candomblé, etc)

06(   ) Evangelho Quadrangular 17(   ) Orientais (Budismo, Islamismo, etc)

07(   ) Igreja Internacional da Graça 18(   ) Outras religiões

08(   ) Renascer em Cristo 19(   ) É religioso mas não segue nenhuma/ Agnóstico

09(   ) Sara nossa terra 20(   ) Ateu, não tem religião

10(   ) Outras Evangélicas específicas

11(   ) Evangélica – Não sabe especificar 99(   ) Não respondeu

Segue-se a cartela de renda do entrevistado, de  mais de 20 salários mínimos e quem não tem rendimento pessoal.

A VERDADE SOBRE AS ELEIÇÕES EM NITERÓI

 Felipe Peixoto é um marco na política de Niterói, tal qual Jorge Roberto o foi em 1982. Essa é a única semelhança entre eles.
Agora, é a vez de Felipe, com novas idéias e visão humanística, dar início à construção  de uma Nova Era em Niterói, uma nova etapa de prosperidade e conquistas. Com Felipe,  a História será outra,  tenho certeza

Que defeito Felipe tem?

Receber o apoio de Jorge Roberto Silveira não é defeito. Ademais, Rodrigo Neves e Sérgio Zveiter já mendigaram esse mesmo apoio. Já os vi desesperados para ter a glória de posar ao lado de Jorge Roberto, enquanto Felipe iniciava sua trajetória política alheio a toda aquela bajulação.

Se tem alguém dentre os candidatos mais citados que não desfrutava do “petit comité” de Jorge Roberto, Mocarzel, Pitanga e outros mais era Felipe Peixoto. E não desfruta.

Rodrigo Neves era o preferido de Jorge. Fez das tripas coração para que o PT o indicasse  vice-prefeito de Jorge Roberto, que – por sua vez – investiu tudo para que o escolhido fosse Rodrigo, em 2002. Deu Godofredo, numa disputa como nunca se viu. Rodrigo foi chorar no sexto andar e Godofredo festejava no boteco da esquina.

E Felipe Peixoto navegando da obra social do pai, da beira da Lagoa de Piratininga a Icaraí, alheio à babaovice e beija-mão do gabinete.

Agora, quando conquistou por seus próprios méritos e esforços o direito de ser o candidato a prefeito pelo PDT, é apontado como o candidato de Jorge, a continuação de Jorge. A continuação, quiçá, seriam os baba-ovos Rodrigo e Zveiter, pois uma vez puxa-saco, sempre puxa-saco.

O preferido de Jorge nunca foi Felipe Peixoto. Era Comte Bittencourt, sabidamente um político parasita, que cultiva o ódio e persegue pessoas. Jorge nunca apoiou Felipe Peixoto para sucedê-lo, teve que engolí-lo. Depois do namorico com Rodrigo, a quem ajudou a se eleger deputado estadual (tirando inclusive Gallo da disputa), e Godofredo, de quem fez Prefeito da cidade, Jorge Roberto apostou tudo em Comte Bittencourt. Jogou pérola aos porcos.

Deu a Comte quatro secretarias, que ele pode manobrar e obter votos para sua reeleição a deputado estadual: Educação, Fundação de Educação, Neltur e Esporte e Lazer, além de uma grossa fatia da Secretaria de Saúde. E nada a Felipe Peixoto.  Fez mais agora pouco: deu a Comte o comando do governo municipal, de modo que pudesse se impor como legítimo indicado para sucessão de Jorge Roberto. Felipe ganhou duplamente: sem a máquina, teve mais votos que o maldoso  Comte para deputado e venceu a disputa para ser o indicado,recusando ser vice, O bem venceu o mal. Derrotado e humilhado, Comte pega carona no prestígio de Felipe mirando em 2014, na ilusão de que poderá escapar dos efeitos que macularam o governo de Jorge Roberto, que ele mesmo, Comte Bittencourt, ajudou a produzir. Na hora certa nós lembraremos ao povo…

Depois de vencer por seus próprios méritos um rolo compressor terrível, não é justo que se diga que Felipe Peixoto é o candidato de Jorge Roberto.  Felipe é o candidato dele mesmo, de  uma cidade, que o adotou, viu crescer e agora o quer Prefeito.

Felipe Peixoto é outra história! No primeiro turno.