Archives for posts with tag: Romário

Delegado Rayol vai ajudar a derrotar Rodrigo Neves. Como no combate ao crime, quer por fim à farsa do governo do PT


Por Paulo Freitas – O delegado federal Antonio Rayol, do PSDB,vai abrir
mão de sua candidatura a Prefeito de Niterói e  será indicado pelo partido para vice-prefeito na chapa de Felipe Peixoto (PSB). Essa possibilidade foi admitida pelo ex-deputado Silvio Lessa, presidente do PSDB em Niterói e articulador da pré-campanha de Rayol.
– É uma tendência – foi udo o que disse o líder do PSDB na Câmara Municipal, vereador Bruno Lssa, filho de Silvio, sem negar nem confirmar. Nos últimos dias, todos tem se reunido e alinhava os rumos ue deve tomar a coligação e traçando projetos para uma eventual vitória no primeiro turno, com ênfase na segurança pública, saúde e educação.
Rayol é um policial de elite que chegou aos maiores níveeis na Policia Federal. Caberá a ele desenvolver a política de segurança pública para a cidade de modo a frear a violência que aumentou no governo de Rodrigo Neves. Sobre a composição com o PSB de Romário e Felipe, Silvio Lessa já havia se manifestado em entrevista ao repórter Andeson Madeira:
– Precisamos nos unir já para vencer o petismo em Niterói. Felipe e Rayol representam a nova politica, tem novos horizontes e tem os mesmos ideais de honra e dignidade. Natural que acabassem  se juntando em pról  do melhor para a cidade – anunciou Silvio Lessa em matéria do diário “A Tribuna”, de Niterói.
No contexto da aliança, o delegado Antonio Rayol irá comandar toda politica de segurança pública de um eventual governo de Felipe Peixoto. Ele obteve a certeza de irrestrito apoio às propostas que vinha defendendo, como a do aniquilamento do tráfico de drogas via o combate à dependência e formação centros de acolhida de viciados.

CENTROS DE RECUPERAÇÃO

Como não existem centros públicos para recuperação de drogados, a idéia de Rayol é criar vários deles Onde houver necessidade, onde o tráfico se mostrar soberano, a prefeitura vai atuar, tirando dependentes do vicio e impedindo que outros entrem.
A maior parte dos crimes praticados n cidade está relacionada com o tráfico de drogas. Rayol propõe que a Prefeitura e outros órgãos trabalhem na assistencia aos viciados e desenvolvam programas de erradicação da dependência química na cidade. Só desse modo, sem consumidor, as drogas deixariam de represesentar o braço do crime na cidade.
Rayol deverá ser o super-secretário de Felipe, encarregado de implantar r todos os programas que havia elaborado para sua campanha, caso fosse concorrer pelo PSDB. Todos os compromissos assumidos na pré-campanha de Antonio Rayol serão cumpridos por ele mesmo.

Em recente publicação nas redes sociais, o Delegado Rayol denunciou  que existe um conluio entre traficantes e politicos de Niteói, associando o aumento da violência na cidade à promiscuidade entre o crime organizado e agentes políticos.

Anúncios

FARRA DO PT COM ABSURDOS NÃO PARA DE CRESCER

romário

Parece que é proposital. O Brasil, em todos escalões, além de não cumprir os prazos das metas e diretrizes, chega a gastar 10  vezes mais do que a estimativa orçamentária (como é o caso do PAN do Rio). Nada sai abaixo do custo, não há economia nem economistas. O PT é de longe o campeão do esbanjamento.

Em junho, vai completar oito anos que o Exercito Brasileiro ocupa o miserável Haiti, que era pra durar pouco e  custar 150 milhões. Desde 2004, já foram consumidos 5 bilhões de dólares, e nossos serviços de saúde estão podres.

Recentemente, Dilma perdoou as dívidas dos ditadores africanos em mais de 240 milhões de dólares, enquanto nossa educação pública vai de mal a pior e dizem não haver dinheiro para reformar escolas e melhorar salários dos professores.

Que dizer da gentileza de doar  US$ 1 bilhão para Cuba de Fidel modernizar seu porto, enquanto os do  Brasil estão sucateados, com filas quilométricas de caminhões.  Como Dilma é generosa…

copa charge

E o superfaturamento da Copa do Mundo?  O PT fez escola no jogos do PAN aqui no Rio de .Janeiro. No exagero, custariam 300 milhões de reais. A conta fechou, para delírio dos petistas, em salgados 5 bilhões. Até agora, o superfaturamento está em 10,8 bilhões. Só em janeiro de 2014, gastaram-se 1 bilhão de reais acima do prevista e vai assim até o início da Copa.

Todos os índices indicam que o Brasil vai mal, que a industria parou, que a saúde está sucateada, que é preciso economizar… mas Dilma e o PT não sossegam, esbanjam com medo de perder as eleições.

A previsão de gastos com a Copa (e eu falo de gastos federais, sem contar o que as Prefeitas e os Estados investem). Não há cálculo que se fecha. O dinheiro gasto na reforma do Maracanã daria para construir pelo menos outros três estádios igualzinhos.  O que deveria custar 200 milhões, passou dos 1 bilhão e 200 milhões de reais.