Archives for posts with tag: Alerj

AMOR COM AMOR SE PAGA

Familia de Jorgee icciani (Centro) ladeado pelos deputados Rafael e Felipe

Familia de Jorgee icciani (Centro) ladeado pelos deputados Rafael e Felipe

O vereador  Beto da Pipa (Roberto Jales) não esta indeciso sobre quem apoiar nas eleições  deste ano: vai acompanhar a família Picciani, de Jorge (presidente da Alerj, Rafael e Felipe, que disputam a reeleição para estadual e federal.

beto– Quando precisei de ajuda, quem me socorreu foi a família Picciani. Natural que agora eu me esforce pela eleição deles, que são deputados de valor. Vou juntar o útil ao agradável. Demonstrar lealdade e apoiar uma família de políticos que só pensa no bem do nosso estado – assegurou Beto foto acima).

Anúncios

ACORDO  COM COMTE BITTENCOURT IMPEDE REELEIÇÃO PARA ALERJ

Tudo está caminhando para que o niteroiense Felipe Peixoto (PDT) seja candidato a vice-Governador com Pezão. O próprio Felipe (na foto abaixo), que perdeu a disputa para a Prefeitura de Niterói para o petista Rodrigo Neves, até admite aceitar o desafio.

felipe peixoto

Candidato a deputado federal no PDT, o próprio Felipe admite desistir e formar a chapa de Pezão, que assumirá o Governo do Estado a partir de abril com a desencompatibilização de Sérgio Cabral para concorrer ao Senado.

A única coisa fora de cogitação para Felipe é concorrer à reeleição de Deputado Estadual. Ele firmou compromisso com o deputado Comte Bittencourt (PPS) de que o apoiaria para a Alerj.  Nem em sonho Felipe admite romper o trato, mesmo com o PDT estando sem nominata para Deputado Federal.

Nesse caso, as bases de Felipe Peixoto apostam na formação de uma grande aliança para a Câmara Federal, envolvendo inclusive o PMDB. Só assim Peixoto teria chances de se eleger deputadp federal

Tudo que Felipe será confirmado o vice de Pezão. Essa é uma vontade muito forte do PMDB e de muitos setores do PDT. Quanto às possibilidades de vitória só o tempo dirá, uma vez que Pezão deu conta das atribuições que teve no governo Cabral: tocar obras, não se envolvendo em políticas de pessoal e administração, entregue a outras pessoas. E tudo de positivo do governo Cabral deve-se a Pezão, um homem de palavra. É melhor ser vice de Pezão do que ser bem votado para federal e o partido não ter legenda para fazer deputado.

.

F

C

MINÉRIO

TUDO BEM, ISSO É SÓ O COMEÇO, QUEREMOS DE MINAS, CARAJÁS E O OURO QUE EXTRAEM PELA AI…

PSD DE SÉRGIO ZVEITER PAGOU R$ 45 MIL PELA PESQUISA

Sérgio Zveiter encomendou ao Ibope a maior de todas as pesquisas de opinião sobre eleições na cidade. Pagou, através do Comite Financeiro do PSD R$ 45 mil pela pesquyisa, registrada na Justiça Eleitoral sob o número RJ-00076/2012. O resultado sairá no dia 6 de setembro, pois os trabalhos de campo0 continuam desde o dia 1/9.

Sergio Zveiter e o padrinho Jorge Roberto, pedindo votos para elege-lo deputado federal

O PSD de Zveiter terá  em mãos uma pesquisa para melhor direcionar sua campanha, um raio=X obtido a partir da entrevista com 805 candidatos, que responderam a um dos questionários mais longos da história.

Uma coisa é certa: Sérgio Zveiter só vai divulgar o que for de sua conveniência. Duvido e faço pouco que terá coragem de divulgar os 17 itens da campanha, que estão relacionados abaixo e que eu obtive no TRE.

Dentre os questionários, uma tendência: checar a popularidade de Jorge Roberto.

Vejam abaixo o questionário, com o cuidado de observar que a relação está em ordem alfabética, o que pouco importa, pois os nomes estão gravados num e todos tem a indicação de numero 1.

Sérgio Zveiter bem do ladinho de Jorge Roberto, feliz da vida, todo bobo, festando aliança com César Maia

P01) Para começar, como o(a) sr(a) diria que se sente com relação à vida que vem levando hoje? O(A) sr(a) está: 

(LEIA ALTERNATIVAS 1 A 4 – RU)

1(   ) Muito satisfeito, 3(   ) Insatisfeito, ou 8(   ) Não sabe

2(   ) Satisfeito, 4(   ) Muito insatisfeito? 9(   ) Não respondeu

P02) Em outubro deste ano, teremos eleições para Prefeito e Vereadores. Gostaria de saber qual o seu interesse pelas eleições que ocorrerão neste ano. O(A) sr(a) diria que tem:  (LEIA ALTERNATIVAS 1 A 4 – RU)

1(   ) Muito interesse, 3(   ) Pouco interesse, ou 8(   ) Não sabe

2(   ) Interesse médio, 4(   ) Nenhum interesse? 9(   )

P03) Se a eleição para PREFEITO fosse hoje, em quem o(a) sr(a) votaria para Prefeito de Niterói?  (ESPONTÂNEA –

RU – CASO NÃO ENCONTRE NA LISTA ANOTE CÓD. 6 – CITOU OUTRO NOME)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini 6(   ) Citou outro nome

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Ninguém/ Branco/ Nulo

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P04) [DISCO 1] Se a eleição para Prefeito de Niterói fosse hoje, em quem o(a) sr(a) votaria? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Nenhum/ Branco/ Nulo

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P05) [DISCO 1] Independente da sua intenção de voto, na sua opinião, quem será o próximo Prefeito de Niterói? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P06) [DISCO 01] Dentre estes possíveis candidatos a Prefeito de Niterói, em qual o(a) sr(a) NÃO VOTARIA DE JEITO NENHUM? Mais algum? Algum outro?  (RM)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Poderia votar em todos

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P07) O(A) sr(a) pessoalmente gostaria que fosse eleito para Prefeito de Niterói um candidato que:  (LEIA

ALTERNATIVAS 1 A 4 – RU)

1(   ) Desse total continuidade à administração atual,

2(   ) Fizesse poucas mudanças e desse continuidade para muita coisa,

3(   ) Mantivesse alguns programas, mas mudasse muita coisa,

4(   ) Mudasse totalmente a atual administração de Niterói?

8(   ) Não sabe

9(   ) Não respondeu

Agora vamos falar da atual administração municipal…

P08) Como o(a) sr(a) classifica, até o momento, a administração do Prefeito Jorge Roberto Silveira? O(A) sr(a) acha que ela está sendo:  (LEIA ALTERNATIVAS DE 1 A 5 – RU)

1(   ) Ótima,

2(   ) Boa, 4(   ) Ruim, ou 8(   ) Não sabe

3(   ) Regular, 5(   ) Péssima? 9(   ) Não respondeu

P09) E o(a) sr(a) aprova ou desaprova a maneira como o Prefeito Jorge Roberto Silveira vem administrando a cidade de Niterói? (RU)

1(   ) Aprova  8(   ) Não sabe

2(   ) Desaprova  9(   ) Não respondeu JOB 2058 | 2012 – NITERÓI – 805 ENTREVISTAS  Página 4 de 5

P10) Comparando a administração do Prefeito Jorge Roberto Silveira com a administração do ex-prefeito Godofredo

Pinto, na sua opinião, qual o(a) sr(a) diria que foi a melhor administração? (RU)

7(   ) Nenhuma destas  (ESP.)

1(   ) Godofredo Pinto  8(   ) Não sabe

2(   ) Jorge Roberto Silveira 9(   ) Não respondeu

P11) [CARTELA 1] Aqui está uma lista de áreas onde as pessoas vem enfrentando problemas de maior ou menor gravidade. Por favor, diga qual é a área em que, na sua opinião, a população de Niterói está enfrentando os maiores problemas. E em segundo lugar? E em terceiro lugar?  (ATÉ TRÊS OPÇÕES – CASO DEIXE DE

CITAR ALGUMA OPÇÃO, MARQUE CÓDIGO 99)

1º LUGAR: |____|____| 2º LUGAR: |____|____| 3º LUGAR: |____|____|

(01) Calçamento de ruas e avenidas (09) Limpeza pública (17) Atividades culturais

(02) Saúde (10) Abastecimento de água (18) Opções de lazer

(03) Educação (11) Segurança pública (19) Rede de esgoto

(04) Trânsito (12) Habitação (20) Corrupção

(05) Transporte coletivo (13) Meio ambiente

(06) Assistência Social (14) Impostos e taxas (97) Nenhuma destas

(07) Geração de Empregos (15) Administração pública (98) Não sabe

(08) Iluminação pública (16) Atividades esportivas (99) Não respondeu

Agora voltando a falar sobre eleições…

P12) De uma maneira geral, o(a) sr(a) diria que tem muito, pouco ou nenhum interesse pelas Propagandas e pelos

Programas Eleitorais? (RU)

1(   ) Muito interesse

2(   ) Pouco interesse  8(   ) Não sabe

3(   ) Nenhum interesse 9(   ) Não respondeu

P13) O(A) sr(a) tem assistido Programa Eleitoral Gratuito pela TV, ainda que de vez em quando? (RU)

1(   ) Sim  8(   ) Não sabe

2(   ) Não  9(   ) Não respondeu

P14) O(A) sr(a) diria que costuma assistir Programa Eleitoral Gratuito:  (LEIA ALTERNATIVAS 1 A 5 – RU)

1(   ) Sempre que pode,

2(   ) Deixa a TV ligada, mas não presta atenção,

3(   ) Assiste apenas alguns, dependendo do partido, ou de quem está falando,

4(   ) Deixa a TV ligada, mas com o som baixo, ou

5(   ) Nunca vê Programa Eleitoral Gratuito partidário, sempre desliga a TV?

8(   ) Não sabe

9(   ) Não respondeu

P15) [DISCO 01] Na sua opinião, qual candidato está fazendo a melhor campanha na TV e no rádio? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Nenhum

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P16) [DISCO 01] E qual candidato está fazendo a melhor campanha nas ruas? (RU)

1(   ) Felipe

2(   ) Flávio Serafini

3(   ) Heitor Fernandes 7(   ) Nenhum

4(   ) Rodrigo Neves 8(   ) Não sabe

5(   ) Sérgio Zveiter 9(   ) Não respondeu

P17) Para terminar, qual é a sua religião?  (ESPONTÂNEA – RU)

01(   ) Católica Apostólica Romana 12(   ) Adventista

02(   ) Assembléia de Deus 13(   ) Testemunha de Jeová

03(   ) Batista/ Metodista/ Presbiteriana 14(   ) Judaica

04(   ) Universal do Reino de Deus 15(   ) Espírita/ Kardecista

05(   ) Deus é Amor 16(   ) Afro-Brasileiras (Umbanda, Candomblé, etc)

06(   ) Evangelho Quadrangular 17(   ) Orientais (Budismo, Islamismo, etc)

07(   ) Igreja Internacional da Graça 18(   ) Outras religiões

08(   ) Renascer em Cristo 19(   ) É religioso mas não segue nenhuma/ Agnóstico

09(   ) Sara nossa terra 20(   ) Ateu, não tem religião

10(   ) Outras Evangélicas específicas

11(   ) Evangélica – Não sabe especificar 99(   ) Não respondeu

Segue-se a cartela de renda do entrevistado, de  mais de 20 salários mínimos e quem não tem rendimento pessoal.

A VERDADE SOBRE AS ELEIÇÕES EM NITERÓI

 Felipe Peixoto é um marco na política de Niterói, tal qual Jorge Roberto o foi em 1982. Essa é a única semelhança entre eles.
Agora, é a vez de Felipe, com novas idéias e visão humanística, dar início à construção  de uma Nova Era em Niterói, uma nova etapa de prosperidade e conquistas. Com Felipe,  a História será outra,  tenho certeza

Que defeito Felipe tem?

Receber o apoio de Jorge Roberto Silveira não é defeito. Ademais, Rodrigo Neves e Sérgio Zveiter já mendigaram esse mesmo apoio. Já os vi desesperados para ter a glória de posar ao lado de Jorge Roberto, enquanto Felipe iniciava sua trajetória política alheio a toda aquela bajulação.

Se tem alguém dentre os candidatos mais citados que não desfrutava do “petit comité” de Jorge Roberto, Mocarzel, Pitanga e outros mais era Felipe Peixoto. E não desfruta.

Rodrigo Neves era o preferido de Jorge. Fez das tripas coração para que o PT o indicasse  vice-prefeito de Jorge Roberto, que – por sua vez – investiu tudo para que o escolhido fosse Rodrigo, em 2002. Deu Godofredo, numa disputa como nunca se viu. Rodrigo foi chorar no sexto andar e Godofredo festejava no boteco da esquina.

E Felipe Peixoto navegando da obra social do pai, da beira da Lagoa de Piratininga a Icaraí, alheio à babaovice e beija-mão do gabinete.

Agora, quando conquistou por seus próprios méritos e esforços o direito de ser o candidato a prefeito pelo PDT, é apontado como o candidato de Jorge, a continuação de Jorge. A continuação, quiçá, seriam os baba-ovos Rodrigo e Zveiter, pois uma vez puxa-saco, sempre puxa-saco.

O preferido de Jorge nunca foi Felipe Peixoto. Era Comte Bittencourt, sabidamente um político parasita, que cultiva o ódio e persegue pessoas. Jorge nunca apoiou Felipe Peixoto para sucedê-lo, teve que engolí-lo. Depois do namorico com Rodrigo, a quem ajudou a se eleger deputado estadual (tirando inclusive Gallo da disputa), e Godofredo, de quem fez Prefeito da cidade, Jorge Roberto apostou tudo em Comte Bittencourt. Jogou pérola aos porcos.

Deu a Comte quatro secretarias, que ele pode manobrar e obter votos para sua reeleição a deputado estadual: Educação, Fundação de Educação, Neltur e Esporte e Lazer, além de uma grossa fatia da Secretaria de Saúde. E nada a Felipe Peixoto.  Fez mais agora pouco: deu a Comte o comando do governo municipal, de modo que pudesse se impor como legítimo indicado para sucessão de Jorge Roberto. Felipe ganhou duplamente: sem a máquina, teve mais votos que o maldoso  Comte para deputado e venceu a disputa para ser o indicado,recusando ser vice, O bem venceu o mal. Derrotado e humilhado, Comte pega carona no prestígio de Felipe mirando em 2014, na ilusão de que poderá escapar dos efeitos que macularam o governo de Jorge Roberto, que ele mesmo, Comte Bittencourt, ajudou a produzir. Na hora certa nós lembraremos ao povo…

Depois de vencer por seus próprios méritos um rolo compressor terrível, não é justo que se diga que Felipe Peixoto é o candidato de Jorge Roberto.  Felipe é o candidato dele mesmo, de  uma cidade, que o adotou, viu crescer e agora o quer Prefeito.

Felipe Peixoto é outra história! No primeiro turno.

Cabral diz que manifestação que pára  o Rio “vai dar em nada”.

Parecendo querer mais transtorno, governador desafia os bombeiros.

O governador Sérgio Cabral parece  botou mais lenha na fogueira e pagou pra ver, Em entrevista ao RJTV,  desafiou o movimento dos bombeiros do Estado do Rio por melhores salários. Ao invés  do equilibrio e diálogo, o governador quer briga. E vai ter.

Acampados na Alerj a semana toda e tumultuando o trânsito na hora do rush, os homens do Corpo de Bombeiros reivindicam equiparação com outras cidades, onde os bombeiros trabalham muito menos ou quase nada.

Cabral, ao dizer que “vai dar em nada” em entrevista à Globo,  pagou pra ver., Acho que os bombeiros vão mostrar  a ele do que são capazes. Até então, alguns ainda trabalhavam. A tendência é parar tudo depois depois dessa. Faltou equilibrio ao nosso governador.

Depois de estimular a bagunça, PR/RJ quer botar ordem na zona

– Não tem pé nem cabeça a cantilena do ex-governador Garotinho, repetida à exaustão pela sua filha, a deputada Clarissa, de que os parlamentares do PR foram eleitos para fazer oposição a Sérgio Cabral. Há mais de um ano antes das eleições, o PR  fluminense aceitou e acolheu apoiadores históricos do atual Governador, especialmente Samuel Malafaia, o mais votado da legenda.

Clarissa, linda e descontrolada

Além de Malafaia, que  jamais negou o seu apoio a Sérgio Cabral, outros também o faziam com desenvoltura, abertamente e sem objeção, como o atual Líder, Iranildo Lima, Altineu Cortes e Édino Fonseca. Todos apoiadores de carteirinha de Cabral, refletindo a aprovação do povo que deu-lhe quase 70% dos votos. A mesma aprovação que apavorou, medrou e levou Garotinho a correr do pau, a desistir de sair candidato a governador e a concorrer para deputado federal. A Campanha do PR era um “cada por si e Deus pra todos”, à moda boi, desgarrados.

Pelo que se tem notícia, jamais questionaram as tomadas de posição dos “com mandato” em  favor do governador-chefe.  Pior, nada fizeram contra quem trocou o palanque de Peregrino pelo de Sérgio Cabral. Não deduraram ninguém ao Conselho de Ética, já que não havia ética a ser respeitada, nunca houve, até cair ruir o plano de fazer Clarissa líder do PR na Alerj e comandar tudo segundo suas conveniências.

É cristalino que aquele silêncio de Garotinho não só estimulou parlamentares cabralistas como os demais candidatos. E aproveitou-se de seus mandatos para ganhar mais tempo nos horários gratuitos no Rádio e TV.

Natural que aquele consentimento explícito contagiasse os “sem mandato”  lograram se eleger pela legenda, num ambiente de pombarrolou. Eu pensaria, “se no caminho tá assim, quanto mais na festa…”. Era um sanatório geral.

Não se pode perder de vista que o PR não é uma referência nacionaldigna e respeitável, uma vez que abriga personagens de triste memória , como Tiririca e mensaleiro Waldemar Costa Neto e historicamente o PR não faz oposição a ninguém, nem a vaso sanitário sem tampa.

Bastou que os interesses de Garotinho fossem contrariados; foi só os cabralistas e aspirantes à tutela do governador não  dar a liderança à herdeira do coronel  campista para caírem em desgraça regimental, ética e traiçoeira.

Clarissa Garotinho, que se nega o direito de sobejar o pai na política, retograda, não evolui em que pese ser mais culta e inteligente. Parece possuída por ataque de amnésia e assume um vexatório papel de inquisidor-mor, em contraste com sua singular graça e beleza. Tão bonita, tão contraditória. Nesse particular, seus argumentos não resistiriam ao menor sopro caso os colegas que persegue entendessem de lhe retribuir  à altura.