Archives for posts with tag: eleições 2016

SUPLENTE TEM QUE TER PELO MENOS 10% DE VOTOS DO QUOCIENTE ELEITORAL

Os candidatos a vereador em Niterói para se eleger precisam obter no minimo 1 mil 300 votos e a soma dos votos do partido ou coligação beirar os 13 mil, que deve ser   o quociente eleitoral. . Ainda que um partido ou coligação tenha direito a eleger vereador por alcançar o quociente, se na chapa só tiver candidatos de 1 mil 200 votos para baixo, ninguém será eleito.
A novidade está preocupando os partidos nanicos, que julgavam fazer vereador com poucos votos. Da mesma forma partidos com puxadores de votos. Somente será considerado suplente quem obtiver 10% dos votos do quociente eleitoral, que oscilará em torno d 13 mil votos em Niterói.
Partidos nanicos, pelo qual concorram candidatos que nas ultimas eleições obtiveram menos de 1 mil 300 votos, se repetirem a votação, ainda que alcancem quociente eleitoral pra eleger dois vereadores, não farão nenhum. Somente um canddato que obtiver pelo menos 10% do total de votos do quociente eleitoral. Pela nova regra, ainda que o partido ou coligação tenha direito a uma cadeira esta somente será ocupada por tem tiver o numero mínimo de votos.
Uma liminar foi concedida no STF, pelo Ministro Dias Toffili (foto acima, à direit) em ação proposta elo Procurador Rodrigo (foto à esquerda) Janot contra a nova sistemática, na verdade uma cláusula de barreira que vis impedir que puxadores de votos possam eleger parlamentares com poucos votos, como correu com Enéas (Prona), Tiririca e oCelso Russomano todos em São Paulo, ou Jair Bolsonaro e Clarissa Garotinho, que tiveram votos para eleger pelo menos mais dois deputados federais.

Anúncios

Anúncio será feito no diretório por Jorge Roberto Silveira

vereadorzaff.600

ZAF é o preferido pela militância do PDT e or Rodrigo Neves. 

O PDT de Niterói vai saber amanhã, (23/05) se indica o empresario de ônibus e ex-vereador ZAF ou a deputada estadual Tânia Rodrigues para a chapa  encabeçada pelo prefeito Rodrigo Neves, que trocou o PT elo PV. A militância pedetista está sendo convocada para as 19 horas desta segunda-feira. O ex-prefeito Jorge Roberto Silveira estará presente e explicará as razões para o PDT ter se aliado ao seu maior algoz.
ZAF leva ligeira vantagem sobre Tânia Rodrigues, pois já vem acompanhando o prefeito em inúmeros encontros de pré-campanha, quando os candidatos a candidato falam de suas propostas e metas, sem pedir votos, como anda a lei.

jorge e rodrigo

Jorge Roberto (Esq.) e Rodrigo Neves estão unidos (foto do Globo na internet)

Rodrigo Neves também tem confidenciado a amigos que prefere a companhia  de ZAF, mas cita que a decisão é do PDT e não quer interferir. Ele mesmo, Rodrigo, era o preferido de Jorge Roberto quando da primeira composição do PDT com o PT. Mas o partido dos Trabalhadores acabou indicando Godofredo Pinto. A chapa venceu, depois Jorge Roberto, em 2002,  renunciou para concorrer ao Governo do Estado, Godofredo assumiu e foi reeleito em 2004 por mais quatro anos.
Agora, Jorge Roberto Silveira vai explicar que a aliança com o PV não é nenhuma novidade, pois o Partido Verde já compôs com o PDT em outras eleições, assim coo participou ativamente de suas administrações.

Mutidão pró-impeachmen é esperada hoje em Niterói

 

Rayol (Dir.), Felipe Peixoto e Serafini , acima;  Rodrigo Neves (Dir.)   e José Seba, abaixo

 

Organizadores estimam que 50 mil pessoas participam hoje da manifestação pró-impeachment na praia de Icaraí, em Niterói. Todos os pré-candidatos à Prefeitura de Niterói qurem o afastamnto de Dilma, menos o prefeito Rodrigo Neves, que não respondeu às perguntas que foram enviadas à s

ua assessoria. José Seba quer a saida de Dilma e novas elições já. Flávio Serafini não respondeu os e-mails e-mailsi e nem foi encontrado, mas seu partido, o Psol, já se declarou contrário.
O delegado federal Antonio Rayol, do PSDB, estará na linha de frente das manifestaçõe de hoje em Icaraí. Em suas páginas das redes sciais, Rayol defende abertamnte o impeachment e faz pesadas críticas ao prefeito Rodrigo Neves.
O pre-candidato do PSB, Felipe Peixoto, lembra que seu partido vai votar a favor do impeachment da Presidente. “Quem não deve não teme. Que Dilma seja julgada da acusação que está sendo imputada. Se for declarada culpada, terá que responder por isso sem contemplação”, disse.
José Seba não é contra nem a favor, mas defende novas eleições, como pensa sua líder nacional, Marina Silva, que lidera as pesuisas ao lado de Lula

candidatos do pdt

PDT foi o único partido que anunciou os nomes e exibiu sus candidatos à Câmara Municipal

EM POUCOS DIAS O PARTIDO MONTOU  NOMINATA FORTE  PARA A CÂMARA

E o PDT juntou os caquinhos, deu a volta por cima e conseguiu em menos de uma semana fazer sua nominata de pré-candidatos para a Câmara Municipal de Niterói. Foi o único partido a anunciar e apresentar publicamente seus candidatos a vereador. O presidente Miguel Vitoriano, na reunião plenária de terça-feira (05/04), antecipou que o partido está aberto a coligações para a Câmara e inda não se definiu quanto à eleição para prefeito.
Esfacelado com a súbita saída do ex-deutado Felipe Peixoto, que abandonou o PDT praticamente às vésperas do prazo para filiação de candidats a vereador e levou consigo a nominata para a Câmara, o PDT reuniu forças e formou uma chapa com 25 nomes, dentre os quais o líder do partido na Câmara, Renato Carrielo, que apesar do risco continuou no PDT, os ex-vereadores ZAF e Alaor, além suplentes de outros partidos e líderes comunitários.
O PDT monou uma força-tarefa, que teve à frente Hamiton Pitanga, ex-Secretário Executivo de Jorge Roberto. Alem dos filiados de utima hora o PD ainda pode contar com militantes que já estavam inscritos. Dezenas de pessoas estiveram presentes à plenária, dentre elas ex-secretários municipis como Marcos Sabino, Cláudio Crdoso e Christina Monerat.

hamilton e miguel

Miguel Vitoriano (E) e Hamilton Pitanga falam na plenária do PDT

A militância do PDT também admitiiu em reunião na sede do partido lançar um manifesto de apoio à candidatura do ex-prefeito Jorge Roberto Silveira à Prefeitura. A proposta foi feita pelo ex-vereador Walmir Garcia e foi aclamada por todo, “em nome da história e da liderança do PDT na cidade” .

 

chico alencar

Chico Alencar (E) vem apoiar Serafini (D) em Niterói

Candidatos a Prefeito apostam em apoio externo.

Nas eleições para Prefeito de Niterói, haverá uma disputa externa de votos. Politicos bem votados em Niterói articulam-se para apoiar seus afilhados.

Jair Bolsonaro (PP-RJ) é visto no plenário do Senado

Deputado Jair Bolsonaro vai apoiar o xerife Antonio Rayol, do PSDB

Vão se confrontar o deputado Jair Bosonaro (apoiando o delegado federal Antonio Rayol), o Senador Romário (com Felipe Peixoto) o dputado Chico Alencar (cm Flávio Serafini) e Jorge Roberto Silveira, que tende apoiar Rodrigo Neves.

romario

Romário não precisa treinar e vai jogar o tempo todo a favor de Felipe Peixoto

Bolsonaro e Romário foram osmais votados na cidade. Chico Alencar teve mais votos que Serafini e Jorge Roberto é o xodó da cidade. JR é bom de voto, mas em matéria de transferênia é um fracasso. Sua ultima “disputa” foi com João Sampaio, que perdeu para Godofredo e Moreira Franco.

jorge roerto

Jorge Roberto, mais experiente, vai emprestar seu apoio a Rodrigo Neves

Jaair Bolsonaro, sim, é um transferidor de votos. Tanto que elegeu os filhos, um para vereador no Rio e outro deputado na Alerj. Sem contar que sozinho obteve votos para eleger outros três deputados federais.
O baixinho Romário já mandou avisar: não quer saber de treino, só vai “entrar em campo” na hora que o jogo começar de verdade. Ele percorrerá o Estado pedindo votos para os candidatos do PSB.

CONFIRMADO: PREFEITO SAI DO PT PELOS FUNDOS

rodrigo e pv

REPRODUÇÃO da Internet, Rodrigo e a cúpula do PV

Conforme informamos (leia aqui) há meses, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, abandonou o PT para se filiar ao Parido Verde, na tentativa de se afastar da legenda de maior rejeição na cidade. A saída foi ccomunicada em sua página no Twitter. A rigor não muda nada, pois apesar de abandono, o Partido dos Trabalhadores não abandonará Rodrigo Neves. Vai integrar a portentosa coligação (chamada de Pacto) que inclui ainda o PDT, PMDB,PCdoB, PPS e partidos nanicos. Rodrigo conseguiu fazer o ex-governador Anthony Garotinho, presidente regional do PR, retirar a candidatura de Wolney Trindade temem apoiá-lo. Será um rolo compressor.

Apesar de Rodrigo Neves dizer no Twittr que o PV não tem recursos, sua coligação será composta por partidos com grande peso financeiro, como PT e PMDB, o que lhe permitirá ter maior volume de recursos o fundo partidário, único meio de financiamento das campanhas.

Rodrigo chegou a cogitar ir para o PDT, mas fez opção pelo PV. O PDT, pelo acordo, deverá indicar a deputada Tania Rodrigues para vice.

 

OPINIÃO

Rodrigo Neves saiu vitorioso na guerra de partidos. Mas fez um estrago no PDT tão grande que fortaleceu Felipe Peixoto, vitimado nesse processo, de vez que estava em campanha para vencer Rodrigo as eleições. Perdeu antes, par não dizer que morreu na praia.

A reengenharia política de Rodrigo só foi possível graças à ajuda de Jorge Roberto Silveira, dono do PDT. Aliás, esse foi o segundo erro fieipino em relação a Jorge O primeiro foi nas eleições de 2012, quando preteriu o seu apoio. A outro ao assumir a Executiva do partido e se distanciar de Jorge, que ficou facinho, facinho para Rodrigo Neves.

Esse troca-troca, vai-e-vem, acabará favorecendo os candidatos de oposição, que assistem de camarote o sucedido, como José Seba, Antônio Rayol e Flávio Serafini. Todos juntando munição para disparar contra Rodrigo e aliados. E não faltarão argumentos.

“Pacifica” o PDT é fácil. Não haverá quem não brigue por generosos cargos na admitirão do agra verde Rodrigo Neves.

 

 

EX-CANDIDATO DISPARA METRALHADORA GIRATÓRIA E AMEAÇA DELATAR GERAL

wowlney

Wolney está cusindo fogo

Ao acrescentar mais um “ex” no seu currculo, Wolney se diz usado feito papel higiênico, dos dois lados Trindade saiu da disputa para a Prefeitura de Niterói gastando munição. Não poupou ninguém com sua metralhadora giratória, cuspindo raiva para todos os lados. Ele tinha como certa a vitória, considerando a elevada rejeição de Rodrigo Neves e a falta de experiência dos demais candidatos.

garotinho

Ex-governador Anthony Garotinho, dono do PR no RJ, preferiu ajudar Rodrigo Neves

Fizeram uma sacanagem comigo. Eu estava quieto no meu canto, não queria mais saber de política. Ofereceram-me muitos partidos, mas depois recuavam. Estive com o pé no PTB, mas o partido foi “comprado” pelo prefeito. Até que apareceu o PR, de Garotinho.

Antes de mergulhar de cabeça no PR, l Wolney ouviu as bases, buscou conselhos e até apoios político-financeiro. Botou uma casa pra vender para levantar recursos. Filiou-se ao PR e caiu em campo anunciando suas metas e prospetos. Empenhou-se em formar uma chapa para a Câmara Municipal.

Na qualidade de tocador das obras de Moreira Franco na cidade, Wolney tinha em mente concluir o que ficou faltando, a duplicação das estradas, a revitalização do Centro, prometida pelo PT e que não saiu do papel, a construção da Linha Azul.

Prometeu lutar contra a construção do Hipermercado Mundial na Rua Mário Viana, escaldado que estava acerca dos transtornos que o Supermercado Guanabara causou ao trânsito no Centro. “A Mário Viana não comporta um hipermercado. O trânsito ali vai parar, especialmente as linhas de ônibus que descem de Pendotiba e Piratininga. Curioso é que a licença do Guanabara foi dada num governo do PT, por Godofredo; e o do Mundial pelo petista Rodrigo Neves”.

Wolney acha que o partido foi negociado com Rodrigo, de modo a não lançar candidato e a apoiá-lo desde já. Ele não sabe onde vai enfiar a cara. “Fiz muitas reuniões, firmei compromisso, me comprometi com candidatos a vereador, tava vendendo uma casa, o carro e tudo para bancar a capanha. O que eu digo a esses apoiadores? Foi uma decepção muito grande parta mim e os eleitores, que ficaram sem opção – completou.

O ex-deputado ainda não sabe o rumo que irá tomar. Está desnorteado, aturdido, acusou o golpe. “Estou nocauteado, fui apunhalado pelas costas. Estou me sentindo um papel higiênico usado dos dois lados, sem reação, com nojo dos donos dos partidos”.

 

 

“NASCIDO E CRIADO NA CIDADE”, É UMA OPÇÃO DE RESPEITO  

Nas ruas, a pressão é grande

Nas ruas, a pressão é grande

‘Niterói precisa de um médico”. Desse modo, o médico José Seba, considerado um dos maiores imunologistas do país, anunciou sua disposição de ser prefeito de Niterói. Candidato a vice-prefeito na chapa de Felipe Peixoto, que perdeu para Rodrigo Neves, Seba fala com respeito e admiração do atual prefeito.
– A política não precisa de elementos raivosos, mas de pessoas cordatas que se disponham a defender e trabalhar pela cidade. Com estilo próprio de fazer politica, José Seba diz que pretende escutar todos os segmentos para estabelecer as prioridades administrativas.
– Não sou candidato nada. Eu acho que quem escolhe o candidato é o partido. Meu partido, o PPS, não me procurou. Ninguém é candidato sozinho. Se houver um partido interessado que eu seja seu candidato a Prefeito, aceitarei o convite, que considero muito honroso e indeclinável, pois me considero ponto. Nasci e me criei em Niterói, sempre vivi e estudei aqui, tenho uma relação afetiva com a cidade e sinto que posso fazer muito por Niterói – disse.
Torcendo para que seu ex-companheiro de chapa, Felipe Peixoto, faça um bom trabalho à frente da Secretaria de Saúde do Estado, José Seba quer recuperar a excelência médica de Niterói. “Nada contra São Gonçalo, mas haveria se imaginar que pacientes de Niterói tivessem que se tratar no Hopital Alberto Torres? Perdemos em excelência e qualidade. Niterói era o centro-médico da região e perdeu a cofiança das pessoas. Antgamente, quando alguem precisava de socorro médico, pedia para ser levado ao Antonio Pedro; oje é para o Alberto Torres” – disse. E completou
– Precisamos atuar em conjunto com a universidade, pois é de lá que vem os avanços em todas as áreas da existência humana. Niterói precisa de uma grande emergência, que atenda adultos e crianças, como era feito no Antonio Pedro. Esta será minha bandeira.
José Seba não consegue criticar a administração de Rodrigo Neves, vê muito empenho no prefeito e até lamenta quando ele fracassa: “ninguém quer ser prefeito para fracassar, para fazer as coisas complicarem. Eu torço por ele, pois se fracassar quem paga somos nós, é a cidade”, frisou.

Seba fez uma visita de cortesia ao Vereador Bruno e do cardápio não se falou de eleições

Seba fez uma visita de cortesia ao Vereador Bruno e do cardápio não se falou de eleições

Diante da pressão para que seja candidato, Seba encomendou pesquisa de opinião e se impressiona com os números, que não quer ver revelados.
Ao concluir, José Seba definiu que “cuidar da cidade é fazer o bem e amar seus habitantes”. Para ele, um governante tem que fazer apenas o que é correto, produza o bem e não faça ninguém sofrer.
A entrevista completa com José Seba estará na edição do EXPRESSÃO OCEÂNICA que circulará a partir de 16/09/2015.