Archives for posts with tag: Prefeitura de Niterói

CONFIRMADO: PREFEITO SAI DO PT PELOS FUNDOS

rodrigo e pv

REPRODUÇÃO da Internet, Rodrigo e a cúpula do PV

Conforme informamos (leia aqui) há meses, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, abandonou o PT para se filiar ao Parido Verde, na tentativa de se afastar da legenda de maior rejeição na cidade. A saída foi ccomunicada em sua página no Twitter. A rigor não muda nada, pois apesar de abandono, o Partido dos Trabalhadores não abandonará Rodrigo Neves. Vai integrar a portentosa coligação (chamada de Pacto) que inclui ainda o PDT, PMDB,PCdoB, PPS e partidos nanicos. Rodrigo conseguiu fazer o ex-governador Anthony Garotinho, presidente regional do PR, retirar a candidatura de Wolney Trindade temem apoiá-lo. Será um rolo compressor.

Apesar de Rodrigo Neves dizer no Twittr que o PV não tem recursos, sua coligação será composta por partidos com grande peso financeiro, como PT e PMDB, o que lhe permitirá ter maior volume de recursos o fundo partidário, único meio de financiamento das campanhas.

Rodrigo chegou a cogitar ir para o PDT, mas fez opção pelo PV. O PDT, pelo acordo, deverá indicar a deputada Tania Rodrigues para vice.

 

OPINIÃO

Rodrigo Neves saiu vitorioso na guerra de partidos. Mas fez um estrago no PDT tão grande que fortaleceu Felipe Peixoto, vitimado nesse processo, de vez que estava em campanha para vencer Rodrigo as eleições. Perdeu antes, par não dizer que morreu na praia.

A reengenharia política de Rodrigo só foi possível graças à ajuda de Jorge Roberto Silveira, dono do PDT. Aliás, esse foi o segundo erro fieipino em relação a Jorge O primeiro foi nas eleições de 2012, quando preteriu o seu apoio. A outro ao assumir a Executiva do partido e se distanciar de Jorge, que ficou facinho, facinho para Rodrigo Neves.

Esse troca-troca, vai-e-vem, acabará favorecendo os candidatos de oposição, que assistem de camarote o sucedido, como José Seba, Antônio Rayol e Flávio Serafini. Todos juntando munição para disparar contra Rodrigo e aliados. E não faltarão argumentos.

“Pacifica” o PDT é fácil. Não haverá quem não brigue por generosos cargos na admitirão do agra verde Rodrigo Neves.

 

 

Anúncios

ACORDO  COM COMTE BITTENCOURT IMPEDE REELEIÇÃO PARA ALERJ

Tudo está caminhando para que o niteroiense Felipe Peixoto (PDT) seja candidato a vice-Governador com Pezão. O próprio Felipe (na foto abaixo), que perdeu a disputa para a Prefeitura de Niterói para o petista Rodrigo Neves, até admite aceitar o desafio.

felipe peixoto

Candidato a deputado federal no PDT, o próprio Felipe admite desistir e formar a chapa de Pezão, que assumirá o Governo do Estado a partir de abril com a desencompatibilização de Sérgio Cabral para concorrer ao Senado.

A única coisa fora de cogitação para Felipe é concorrer à reeleição de Deputado Estadual. Ele firmou compromisso com o deputado Comte Bittencourt (PPS) de que o apoiaria para a Alerj.  Nem em sonho Felipe admite romper o trato, mesmo com o PDT estando sem nominata para Deputado Federal.

Nesse caso, as bases de Felipe Peixoto apostam na formação de uma grande aliança para a Câmara Federal, envolvendo inclusive o PMDB. Só assim Peixoto teria chances de se eleger deputadp federal

Tudo que Felipe será confirmado o vice de Pezão. Essa é uma vontade muito forte do PMDB e de muitos setores do PDT. Quanto às possibilidades de vitória só o tempo dirá, uma vez que Pezão deu conta das atribuições que teve no governo Cabral: tocar obras, não se envolvendo em políticas de pessoal e administração, entregue a outras pessoas. E tudo de positivo do governo Cabral deve-se a Pezão, um homem de palavra. É melhor ser vice de Pezão do que ser bem votado para federal e o partido não ter legenda para fazer deputado.

.

F

C

Felipe Peixoto discursando após a vitória (reprodução do blog)

Felipe Peixoto discursando após a vitória (reprodução do blog)

O deputado estadual Felipe Peixoto, derrotado nas eleições para a Prefeitura de Niterói, foi aclamado presidente do PDT, fechandfo o ciclo de transferência de todo legado político de Jorge Roberto Silveira para si.

Em seu blog, Felipe publicou uma nota sobre o fato, foi pródigo em humildade, não falando abertamente que é o herdeiro político de Jorge, o maior de todos os prefeitos que Niterói ja teve. Eis a íntegra do que está no blog de Felipe:

Quero fazer um agradecimento especial a todos que estiveram presentes na Convenção Municipal do PDT. Que participaram, votaram e prestigiaram mais um momento único e histórico do nosso partido.

Foram muitas as palavras de apoio que recebi dos presidentes e representantes do PDT de outros municípios que fizeram questão de comparecer ao nosso encontro. Assim como dos líderes dos movimentos partidários e dos inúmeros militantes.

Posso dizer, com orgulho, que o PDT faz parte da minha vida e da minha trajetória política que começou cedo quando, ainda criança, aos nove anos, fundei o Comitê Mirim na garagem de casa.

Pelo PDT fui eleito vereador, por três mandatos, e deputado estadual. E assim será na minha candidatura à Câmara Federal nas próximas eleições.

Nosso partido tem um histórico de grandes conquistas, grandes líderes e, sem dúvidas, com um futuro ainda mais promissor.

Com imensa felicidade, agora eleito novo presidente do PDT de Niterói, me comprometo a honrar mais este desafio que assumo. De presidir um partido que fez história na nossa cidade.

O “embargo de gaveta” imposto pelo Prefeito Rodrigo Neves ao projeto de construção do túnel Charitas-Região Oceânica é apenas uma prova de que a Prefeitura de Niterói não tem projeto de mobilidade urbana.

Rodrigo Neves não quis nem saber dessa modernidade, o metro de superfície que Campos terá

Rodrigo Neves não quis nem saber dessa modernidade, o metro de superfície que Campos terá

Hoje, como sempre, apenas as empresas de ônibus foram beneficiadas, em detrimento da população.

Agora mesmo, em Porto Alegre, está sendo apresentado o aeromóvel, conhecido como metro de superfície,, única solução para integrar a Região Oceânica ao Centro e demais bairros. E onde estará Rodrigo Neves? Jogando videogame com as crianças?

Para se ter idéia, Campos até já conseguiu financiamento do PAC para comprar um bichão desses ai da foto. Hoje, a Prefeita Rosinha está por lá, fechando negócio. E olha que o orçamento de Campos, praticamente, se equipara ao de Niterói.

Há que falta faz Chico D’Angelo em Brasília… Ele teria conseguido aprovar 10 projetos desses… Outras 66 cidades já tiveram projetos e financiamento aprovados.

Os empresários de ônibus de Niterói agradecem…

RECEBEMOS do professor David Tadeu um comentário acerca da elaboração do site da Prefeitura de Niterói, citado por nós como “compromisso com o atraso” de Patricia Audi, Secretária de Planejamento de Rodrigo Neves e objeto de outra postagem (vejam aqui) que fizemos. Eis a íntegra:

Para quem ainda não sabe,  Joomla é um CMS (Content Manager System ou Sistema de gerenciamento de conteúdo), um script desenvolvido em php (uma linguagem de programação para web). Assim como o wordpress e diversos outros CMS,  o Joomla trabalha com uma estrutura  “padrão” para temas (o layout do site) e a mesma para ser desenvolvida requer conhecimentos em HTML, PHP e CSS, conhecimentos estes fundamentais para qualquer desenvolvedor web. Os recursos, não só do tema criado, mas também do Joomla,   são praticamente ilimitados, pois trata-se de um Open Source (Código Fonte Aberto) e livre para edição, fazendo com que qualquer resultado dependa apenas  do conhecimento e competência de quem está desenvolvendo.

                E pelo jeito, em Niterói está faltando competência!  É um show de cópias que ferem diretamente a licença GPL que eles tratam como uma ferramenta, ou recurso no rodapé do site.joomla

     

(Ao lado,  o Joomla, de onde saiu o template do site da Prefeitura de Niterói e pelo qual não pagou um mísero centavo; Mas a PMN de Rodrigo Neves, que um dia roubou a logo0marca do Nitendo64, não faz nenhuma referência à gratuidade)

    

Vamos traduzir isso:  O site da prefeitura de Niterói é uma  CÓPIA EDITADA DE FORMA IRREGULAR E NÃO PROFISSIONAL.

Eis aqui o modelo original do que chamamos de TEMPLATE,  que pode ser definida como um modelo genérico de layout pronto para você implementar o conteúdo.

http://www.joomskins.com/wp-content/uploads/2011/04/Colourful-World-Themza_j15_07.jpg

                O modelo em questão trata-se do Themza-J15-07 que foi desenvolvido pelo Free Joomla e não pelo departamento de projetos que se tivesse um pouco de responsabilidade teria lido as 5 (cinco) linhas da licença GPL. É  compreensível   usuários não lerem essas licenças, mas profissionais da área devem tê-las embaixo do braço o tempo todo, para não cometerem esses plágios irresponsáveis.

                A licença permite a utilização, a edição de qualquer código, desde que seja respeitado o direito autoral do desenvolvedor do código inicial, dando assim o crédito, a prefeitura, apenas da EDIÇÃO, muito mal feita por sinal, do template em questão.

                O que surpreende neste fato é a divulgação de tal administração como uma referência em modernidade, considerando que não conseguem ter sequer um profissional para ler uma documentação de desenvolvimento em Joomla. Tal estudo requer algumas horas de leitura e uma semana, se muito, de prática.

                Eis aqui uma denúncia sobre tal irresponsabilidade que se repete nesta administração petista como em outra ocasião (governo Godofredo) pagou em naautarquia Niterói Prev administrada e chefiada na época pelo atual prefeito,  uma quantia absurda fixa mensal a uma empresa “fundo de quintal” que havia publicado também um template de forma igualmente irresponsável.

David Tadeu

                Editor do mozzie.com.br

A Câmara de Vereadores de Niterói aprovou por unamidade em segunda e última discussão, com uma emenda aditiva, na noite desta quarta-feira (20), a mensagem-executiva 08/2013 que concede remissão e isenção de débitos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e autoriza a Prefeitura a receber, em doação condicionada, parte do imóvel situado a Rua Riodades, conhecido como “Esqueleto da Riodades”, no bairro do Fonseca. O imóvel encontra-se em fase inacabada de obras há mais de 30 anos, sendo habitado irregularmente sem que o mesmo ofereça condições mínimas de segurança e salubridade e será implodido pela Prefeitura. Também começou a tramitar na Casa o projeto de lei que obriga descontos em restaurantes para quem tiver feito redução de estômago.

foto Sérgio Gomes

foto Sérgio Gomes

Na semana passada, durante audiência pública realizada na Câmara, que contou com a presença da secretária-executiva Maria Célia Vasconcellos; do secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Marcos Linhares; e do procurador-geral do município, Carlos Raposo; foi aprovada sugestão para que a destinação da área, inicialmente cotada para ser uma praça, seria alvo de consulta à população local. Por conta do entendimento, o vereador Paulo Eduardo Gomes (PSOL), conseguiu aprovar emenda que garante que a comunidade será ouvida. A área poderá abrigar, por exemplo, a construção de uma creche, um módulo do Programa Médico de Família, um espaço cultural e, até mesmo, a manutenção da praça.

Ainda na área da habitação o vereador Henrique Vieira (PSOL) lembrou que dois prédios em construção no Conjunto Residencial Zilda Arns, destinados a moradores de área de risco da cidade,  apresentam “graves problemas estruturais”, com “risco de desabamento”. A vereadora Verônica Lima (PT) disse que uma audiência pública será convocada para discutir a qualidade das construções populares feitas na cidade, incluindo o Zilda Arns.

Audiência da Niter

Na noite desta quinta-feira (21) acontece a audiência pública para debater a extinção da Niterói Terminais (Niter) e criação da Superintendência de Terminais e Estacionamentos, subordinada a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos. A audiência é aberta ao público e começa às 20 horas, sendo realizada no Plenário Brígido Tinoco.

Projetos de lei

Também foram lidos em plenário três projetos de lei e um de resolução de autoria dos vereadores Jayme Suzuki (PSC), Pastor Ronaldo (PTN) e Andrigo de Carvalho (PTdoB). São eles o projeto 15/2013, que cria a Semana Municipal de Conscientização, Combate e Prevenção à Pedofilia, de Suzuki; o 34/2013, criando salas de música nas escolas da rede municipal, e o 04/2013, disponibilizando o sistema eletrônico de acompanhamento de tramitação parlamentar, ambos do Pastor Ronaldo; e, por último, o 35/2013, que obriga restaurantes a concederem 50% de desconto às pessoas que tenham passado por cirurgia para redução de estômago, de Andrigo de Carvalho. A sessão também fez a leitura de 43 indicações legislativas.

Prezado Paulo Freitas, 

Antes de tudo, devo lhe dizer que considero seu post de ontem, a respeito da Unidade Municipal de Urgência Mario Monteiro, uma grande contribuição à gestão da saúde em nossa cidade.

 Há cerca de dez anos, inauguramos aquela unidade de urgência pré-hospitalar com o principal objetivo de possibilitar um atendimento mais ágil e de qualidade à população niteroiense, sobretudo aos moradores da região oceânica. Como você bem recorda, em pouco tempo firmou-se o reconhecimento da excelência de seus serviços. Como médico, gestor de saúde e morador da cidade, imagine a minha decepção ao reencontrar nosso Mario Monteiro no estado lamentável que seu blog muito bem sumarizou.

 A atual precariedade dos equipamentos e da área física não oferece as melhores condições de atendimento aos que lá procuram socorro e também desrespeita seus profissionais, desestimula e compromete o resultado do seu trabalho.

 “Quem te viu, quem te vê”, você escreveu a respeito desta nossa unidade de saúde. Se “quem não a conhece, não pode mais ver para crer”, valho-me ao seu blog para anunciar meu compromisso de que, de imediato, minha gestão fará intervenções técnicas e administrativas que qualificarão o Mario Monteiro como Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) tipo III – a mais completa estabelecida pelo Ministério da Saúde – e o reconduzirão ao orgulho dos que lá trabalham e, principalmente, à confiança da população. Em breve espaço de tempo, “quem jamais a esquece” voltará a reconhecer e respeitar esta unidade.

 Um forte abraço,

 Chico D’Angelo

Recebi do Secretário Chico D’Angelo a mensagem que reproduzi acimar, não sem antes salientar.

Foi Chico D’Ângelo quem idealizou, construiu e pôs em funcionamento aquela unidade de saude, que ao seu tempo funcionou maravilhosamente bem.

Chico foi o melhor secretário de saúde de Niterói, votei nele para deputado e pedi voto dos parentes e amigos.

Compreendo sua solidariedade com a equipe médica sem  equipamentos, mas não aceito que aqueles exemplos de falta de urbanidade e respeito pela criatura humana se justifiquem. O médico que não suporta quem tem dor deveria ser qualquer coisa, menos médico. Eu vi ali um monte de preguiçosos, indignos de prestar serviço público, o avesso do que é Chico D’ângelo.

SENTI NA CARNE O DESCASO DE MÉDICOS E SUAS EQUIPES NO MÁRIO MONTEIRO. É PIOR QUE O CAOS.

 Acabo de  chegar (02h50min) do “Hospital” Mário Monteiro, aqui perto de casa.

Quem te viu, quem te vê!

A má vontade, a intolerância com os pacientes sugere que os profissionais de saúde que ali “trabalham” não prestam sequer para tratar de animais quanto mais de seres humanos.chico_perfil

Será essa a marca que Chico D’Ângelo quer imprimir à sua gestão na Secretaria de Saúde de Niterói. Um horror. Todos se sentiam incomodados, arrancados de um sono profundo para atender os que deles necessitam em momento de dor.

 Chico D”Angelo só pode estar sendo enganado. Mandar paciente “se remover” para o HEAL parece piada 

A mãe do meu único neto, Iago,  já adolescente,  foi atendida lá, morrendo de dor, como se diz. Grávida, mas sem barriga (o que pode indicar tanto uma gravidez tubária quanto o feto ter morrido), gritando de tanta dor, deram-lhe um paracetamol na veia com Buscopan. E a dor não passou, nem aliviou. Sequer pode coletar urina para exame, tal a dor e o descontrole da paciente urrando de dor.

Solicitada a presença da médica plantonista, esta optou pela transferência da paciente para o Azevedo Lima, mas se recusou a dar uma guia de encaminhamento e muito menos pedir a remoção numa ambulância. A paciente teria que ir a pé, por seus próprios meios ou de parentes. E se fosse uma pessoa sem dinheiro até para a condução, como faria? Morreria ali, mas o corpo médico não moveria uma palha.

Que cidade é essa? Que política de saúde é essa?

Isso nunca foi assim, tão ruim, pois foi justamente a excelência do Mário Monteiro que a fez buscar socorro ali.

Faço esse registro na certeza de que nada vai mudar. Aliás, vai mudar para pior, com certeza.

CIDADE NÃO PAGOU EMPRÉSTIMO DAS  BAHAMAS, DE U$D 22 MILHÕES E O PT  JÁ QUER  OUTRO

Nem bem esquentou lugar, Rodrigo Neves retoma um projeto que Godofredo tentou em seu último ano de desgoverno do PT: conseguir empréstimo de 110 milhões de reais no BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), com base numa lei que Jorge Roberto Silveira não cumpriu.  JRS não quis endividar a prefeitura e a devolveu bem abaixo do total de 500 milhões que herdou de Godofredo e o PT.

Até hoje Niterói não acertou as contas  do malfadado “Empréstimo das Barhamas” (de 22 milhões de dólares a juros altíssimos e escorchantes), feito pelo então Prefeito biônico Moreira Franco, no fim dos anos 70. Virou uma bola de neve, impagável e hoje é responsável por grande parte da dívida atual, engrossada também por conta do caixa único da Previdência (a cidade recolheu para o Ibasm (atual NitPrev) o que deveria ser do INSS, por força da nova Constituição).dinheiro_voando

Jorge Roberto fez tudo que fez sem apanhar empréstimos. Só para lembrar: MAC, caminho Niemayer, Terminal Rodoviário, duplicação da Rua da Praia, gabiões da Boa Viagem, Médico de Familia, duplicação da Caetano Monteiro,  da Estrada Francisco da Cruz Nunes,  Alargamento da Estrada da Cachoeira, iniciou o Mergulhão (só falta tirar a terra de dentro, pois as lajes estão prontas desde agosto de 2012), além de quilômetros de galeria subterrâneas que perdmitem escoamento das águas em menor tempo do que antes, deu a Niterói o primeiro lugar em qualidade de4 vida no Estado,  sem pedir um centavo emprestado.

Para que Rodrigo quer R$ 110 milhões? Fazer mais do que Jorge realizou sem tomar dinheiro emprestado?

Assim não tem graça. A arrecadação da cidade não para de crescer. A cidade está recebendo em janeiro a maior  cota-parte do ICMS e transferências governamentais dos negócios de fim de ano.

Quero lembrar uma lição do velho Amaral Peixoto, segundo o qual “político eleito adora dívidas e restos a pagar”.  É aqui que ele se esmera. Para o comandante, governante que paga dívida sem abatimento é corrupto, come pelo menos a metade; governante honesto é aquele que chama o credor e diz: pago 30% desse valor, você aceita?” Era pegar ou largar. Quase todos aceitam fazer o acordo e receber 30% de alguma coisa a receber 100% de nada.

Essa chorumela sem fim sobre dívida está pra lá de manjada. Tá na hora do glorioso Rodrigo Neves mudar de cantilena e de pensar que pode governar a cidade seguindo um grimório.

É preciso impedir essa ameaça à cidade, o retorno do Destruidor  e da quadrilha comandada por Filinto Branco.

Na foto acima, José Dirceu observa e sorri orgulhoso de seu pupilo, Rodrigo Neves, candidato a Prefeito de seu grupo; o corpo de Rodrigo encobre o  nome do sinistro Filinto Branco, que voltaria a mandar na cidade. Deus, salve Niterói dessa gente!

Já estava acertada a parceria mais funesta de que se tem notícia.  Apontado nas pesquisas como o veredor mais votado do PT, a dobradinha Godofredo-Rodrigo Neves já havia sido planejada antes, quando o candidato do PT liderava sozinho as pesquisas. Pareciam cabritos em portão de horta, doidos para entrar e devorar tudo. Só que a horta é Niterói inteira.

Este é o risco que a cidade corre. O despreparado com o pior, além da volta de Filinto Branco (uma espécie de Zeca Mocarzel do PT, só que piorado). E no comando de tudo, o maior pilantra de todos os tempos, o deputado José Dirceu. O Grupo de Dirceu desembarcou em Niterói disposto a tudo para assumir o controle da cidade. O esquema vai além, envolve a reeleição do deputado Chico D’Angelo, amigo pessoal de Jose Dirceu e seu fiel escudeiro.

A ligação de Rodrigo Neves é antiga e duradoura, do tempoo que tinha cabelos e era vereador. Desde então, Zé Dirceu fez Rodrigo Neves crescer muito na política e agora o quer prefeito de Niterói, sem nunca ter feito nada pela cidade, é um fantoche

Enquanto está empenhado em fazer ligação de Felipe Peixoto com Jorge Roberto Silveira, o maior realizador de Niterói, Rodrigo Neves esconde suas ligações perigosas com a banda podre do PT. Só que Jorge Roberto é passado e essa súcia do PT está em ascensão  dominante.